biblia

Defendendo a fé em tempos de aposta...

(Walter de Lima Filho - Terça - 09/09/2014) Se preferir faça o download: “EXEMPLOS HISTÓRICOS DE APOSTASIA” (3) “APOSTASIA CAUSADA PELA IMORALIDA...

banner_jsm_02

PORQUE É ORDEM DE DEUS

COMUNHÃO (10 MINUTOS): * Inicie dando a oportunidade para que todos osmembros do grupo, compartilhem como foi a semana. * O amor é definido de vár...

banner_jsm_01

PORQUE DEUS NOS AMA

COMUNHÃO (10 MINUTOS): * Dê a todos a oportunidade de se apresentarem e compartilharem como vieram fazer parte deste grupo. * Abra o Guia para Estud...

biblia

Defendendo a fé em tempos de aposta...

(Walter de Lima Filho - Terça - 02/09/2014) Se preferir faça o download: “EXEMPLOS HISTÓRICOS DE APOSTASIA” (2) “OS ANJOS REBELDES” Judas 6 Jud...

Mensagens de Domingo

homem-pensando

A nossa fé sempre será provada – Parte 3

(Walter de Lima Filho - Domingo - 31/08/2014) Se preferir faça o download: João 16:33 Nós temos aprendido que a fé verdadeira é constru...

Mensagens de Terça-feira

biblia

Defendendo a fé em tempos de apostasia – Parte 14

(Walter de Lima Filho - Terça - 09/09/2014) Se preferir faça o download: “EXEMPLOS HISTÓRICOS DE...

Juntos Somos Melhores

banner_jsm_02

PORQUE É ORDEM DE DEUS

COMUNHÃO (10 MINUTOS): * Inicie dando a oportunidade para que todos osmembros do grupo, compartilhem como foi a semana. * O amor é defin...

Defendendo a fé em tempos de apostasia – Parte 14

(Walter de Lima Filho – Terça – 09/09/2014)

Se preferir faça o download:

“EXEMPLOS HISTÓRICOS DE APOSTASIA” (3)

“APOSTASIA CAUSADA PELA IMORALIDADE SEXUAL”

Judas 7

Judas vem descrevendo o que pode causar a apostasia na Igreja:

  • A incredulidade do povo de Deus.
  • A rebeldia contra Deus.
  • A imoralidade sexual.

A incredulidade faz com que abandonemos a Verdade, pois deixamos de confiar no que Deus diz e passamos a buscar outras doutrinas que satisfaçam aos nossos desejos pessoais. Sem que percebamos, passamos a lutar contra a direção ou governo de Deus, tornando-nos rebeldes a Ele. O próximo passo é a perda da pureza e a entrega pessoal à imoralidade sexual ou sensualidade.

1. Às vezes, fugir é melhor do que enfrentar.

Quando seguimos uma doutrina falsa, dificilmente lutaremos contra os desejos da nossa carne. Paulo deu o seguinte conselho ao seu jovem discípulo Timóteo:

icon_bibliaE você, Timóteo, fuja das paixões da mocidade e procure viver uma vida correta, com fé, amor e paz, junto com os que com um coração puro pedem a ajuda do Senhor. (2 Tm.2:22 NTLH)

Paulo não pediu a Timóteo que enfrentasse determinadas paixões, mas que “fugisse” delas! Ele deveria fugir de algo que diante de Deus é abominável, e é interessante que o verbo “fugir” também tem o sentido poético de “desaparecer”.

Por outro lado, Paulo pediu que Timóteo se empenhasse com muito esforço (“procure viver”) como um corredor que dispara para o ponto de chegada, a fim de viver uma vida que agrada a Deus. Esse esforço implicava que ele deveria encher sua mente com a verdadeira doutrina, que leva à prática do amor genuíno, por meio de uma vida submetida e em acordo com Deus.

2. Tomemos cuidado para não nos associarmos a doutrinas libertinas.

Lembremo-nos que Judas está combatendo a doutrina dos “mestres gnósticos e antinomistas”, que eram indivíduos amorais e que não respeitavam os verdadeiros princípios morais das Escrituras Sagradas.

icon_bibliaLembrem dos moradores de Sodoma, de Gomorra e das cidades vizinhas, que agiram como aqueles anjos e cometeram imoralidades e pecados sexuais. Eles sofreram o castigo do fogo eterno, o que é um aviso claro para todos. (Jd.7 NTLH)

Judas diz que os habitantes de Sodoma e Gomorra agiram como os anjos (cf.verso6), ou seja, se posicionaram contra o governo e autoridade de Deus. Judas não está dizendo que os anjos cometeram imoralidades e pecados sexuais, pois eles são seres sem sexo.

Jesus, em resposta aos líderes religiosos, acerca da possibilidade de haver casamento após a ressurreição, declarou o seguinte:

icon_biblia29 Jesus respondeu: Como vocês estão errados, não conhecendo nem as Escrituras Sagradas nem o poder de Deus! 30 Pois, quando os mortos ressuscitarem, serão como os anjos do céu, e ninguém casará. (Mt.22:29,30 NTLH)

A resposta de Jesus nos mostra claramente que os anjos não se casam e nem se dão em casamento; portanto, eles são seres assexuados.

 

3. Não transformemos a liberdade do Evangelho em libertinagem.

icon_bibliaPorém vocês, irmãos, foram chamados para serem livres. Mas não deixem que essa liberdade se torne uma desculpa para permitir que a natureza humana domine vocês. Pelo contrário, que o amor faça com que vocês sirvam uns aos outros. (Gl.5:13 NTLH)

Paulo está falando da influência dos “judaizantes”, ou seja, aqueles falsos mestres que queriam doutrinar os cristãos a praticarem a “Lei de Moisés”, a fim de serem salvos. Deus nos libertou dos rudimentos de uma religião sem vida e cheia de regras, mas isso não deve nos fazer pensar que podemos fazer o que queremos nesta vida, pois estamos sob o governo de Deus.

Uma religião cheia de regras só serve para que condenemos uns aos outros, pois vivemos dentro de um sistema de vigilância e não de amor ou serviço cristão.

Voltando ao nosso verso base, Judas diz que os habitantes de Sodoma e Gomorra “sofreram o castigo do fogo eterno” e que essa punição “é um aviso claro para todos”.

Fica claro que todo aquele que transforma a liberdade que o Evangelho dá em libertinagem, será sentenciado por Deus ao Inferno!

Há outra coisa que deve ser notada no nosso verso base: as cidades vizinhas Adma e Zeboim, também foram destruídas. (cf. Dt.29:23; Os.11:8) A influência da imoralidade sexual de Sodoma e Gomorra havia ultrapassado suas fronteiras e contaminado outras regiões.

Olhemos para o mundo de hoje e veremos que o modo libertino de viver e a incredulidade estão sem fronteiras! Quando Judas diz que eles “cometeram imoralidades e pecados sexuais”, significa que modelaram uma vida nos moldes da prostituição, abandonando todas as restrições morais e foram imitados pelos habitantes de Adma e Zeboim.

Assim, tanto os gnósticos como antinomistas, que imitavam o exemplo dos habitantes de Sodoma e Gomorra, teriam o mesmo fim que eles tiveram.

É muito triste pensar na destruição de Sodoma e Gomorra! Somente Ló e as suas filhas foram salvos, pois sua esposa ousou olhar para trás e se transformou em uma estátua de sal! Além do mais, todos os empregados de Ló que com ele se instalaram naquela região, se perderam. A razão é evidente: eles imitaram o estilo de vida dos habitantes de Sodoma e Gomorra.

4. Procuremos não viver segundo os padrões e as filosofias deste mundo.

Paulo nos dá o seguinte conselho:

icon_bibliaNão vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Rm.12:2 NTLH)

A vontade de Deus traz à vida humana valor, utilidade, conduz à sobriedade moral e revela o prazer de viver em comunhão com Deus. As pessoas precisam conhecer a vontade de Deus, mas por que não a conhecem? Porque não permitem que Ele os transforme por meio de uma mudança na maneira de pensar. Elas preferem o estilo mundano e libertino de vida.

É triste, mas há certas pessoas que, mesmo após terem conhecido o “Caminho”, se entregaram à depravação e até instituíram o que chamam de igrejas liberais, para afrontarem a Deus em toda a Sua autoridade! Nessas “igrejas”, o homossexualismo é admitido como um comportamento que Deus tolera. Será que nunca leram sobre o que Deus diz acerca disso?

icon_bibliaNenhum homem deverá ter relações com outro homem; Deus detesta isso. (Lv.18:22 NTLH)

O Espírito Santo inspirou o apóstolo Paulo a lutar contra falsos ensinos que levavam os cristãos a práticas erradas, corrompendo a missão santa da Igreja:

icon_biblia25 Eles trocam a verdade sobre Deus pela mentira e adoram e servem as coisas que Deus criou, em vez de adorarem e servirem o próprio Criador, que deve ser louvado para sempre. Amém! 26 Por causa das coisas que essas pessoas fazem, Deus as entregou a paixões vergonhosas. Pois até as mulheres trocam as relações naturais pelas que são contra a natureza. (Rm.1:25,26 NTLH)

5. Escolhamos sempre a vontade de Deus, ainda que percamos amizades!

Que nós tomemos cuidado com o espírito de sensualidade da nossa época, pois ele pode destruir a nossa fé. Pedro nos dá o seguinte conselho:

icon_biblia2 Então, de agora em diante, vivam o resto da sua vida aqui na terra de acordo com a vontade de Deus e não se deixem dominar pelas paixões humanas. 3 No passado vocês já gastaram bastante tempo fazendo o que os pagãos gostam de fazer. Naquele tempo vocês viviam na imoralidade, nos desejos carnais, nas bebedeiras, nas orgias, na embriaguez e na nojenta adoração de ídolos. 4 E agora os pagãos ficam admirados quando vocês não se juntam com eles nessa vida louca e imoral e por isso os insultam. 5 Porém eles vão ter de prestar contas a Deus, que está pronto para julgar os vivos e os mortos. (1 Pe.4:2-5 NTLH)

Que as pessoas recebam de nós a amizade verdadeira, porém, se certas amizades corrompem a nossa honestidade e fidelidade a Deus, devemos sempre ficar com Ele! Jesus veio para nos dar a verdadeira compreensão do Deus verdadeiro, a fim de que nos mantenhamos Nele.

icon_bibliaSabemos também que o Filho de Deus já veio e nos deu entendimento para conhecermos o Deus verdadeiro. A nossa vida está unida com o Deus verdadeiro, unida com o seu Filho, Jesus Cristo. Este é o Deus verdadeiro, e esta é a vida eterna. (1 Jo;5:20 NTLH)

Jamais se afaste, nem por um segundo, do Evangelho de Jesus Cristo, pois em menos de um minuto, você pode abandonar o Deus verdadeiro e perder a vida eterna! Desenvolva-se na fé e na obediência, busque a pureza moral, pois os limpos de coração sempre verão a Deus. (cf. Mt.5:8)

 

 

 

 

 

 

 

 

PORQUE É ORDEM DE DEUS

COMUNHÃO (10 MINUTOS):

* Inicie dando a oportunidade para que todos osmembros do grupo, compartilhem como foi a semana.

* O amor é definido de várias maneiras por nossacultura. Como você define o amor?

* Qual é a visão bíblica sobre amor que aprendemosna semana passada?

 

CRESCIMENTO (55 MINUTOS):

 

Leia: Eu lhes dou este novomandamento: amem uns aos outros. Assim como eu os amei, amem também uns aosoutros. (João 13:34 — NTLH)

 

Medite:

· Qual éo novo mandamento que Jesus nos deu?

· Comodevemos cumprir esse novo mandamento?

 

Amor é um ato da nossa vontade.

1 – Deus diz que temos que ________ amar unsaos outros.

2 – Não importa se parece ______, temos queamar, de maneira ______, _____________ e__________.

 

Amar é um mandamento.

1 – Nossa decisão de amar é um ato de ___________.

2 – É nosso ______ amar.

 

Leia: O mandamento que Cristo nos deué este: quem ama a Deus, que ame também o seu irmão.(I João 4:21 — NTLH)

 

Medite:

· Qual éo mandamento que Jesus nos deu?

 

3 – Amor é sinônimo de ___________, se amarJesus, _________ a seus mandamentos.

 

Leia: — Se vocês me amam, obedeçam aosmeus mandamentos [...] O meu mandamento é este: amem uns aos outros como eu amovocês. (João 14:15; 15:12 — NTLH)

 

Medite:

· Comodeve agir quem ama a Jesus?

· Qual éo mandamento que Jesus nos deu?

 

4 – O amor através de um ato de obediência, gera ________entre os cristãos.

5 – O amor não é baseado em ___________________ou em __________.

6 – O amor não é um _________________ ditadopelas __________________.

7 – Amor é Cristo na cruz, _____________________,mesmo quando ainda estávamos perdidos em nossos pecados.

 

Leia: Mas Deus nos mostrou o quantonos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado.(Romanos 5:8 — NTLH)

 

Medite:

· ComoDeus nos mostrou o seu amor?

· Qualera a nossa condição de onde Deus nos tirou?

 

8 – Como membros da família de Deus, devemos _______________,e não __________.

 

O amor requer comunidade.

 

1 – Não podemos obedecer ao _____________ deCristo se ficamos __________.

2 – Estar em comunidade nos obriga a _________de relacionamentos escolhidos a dedo.

3 – Deus nos fez ___________ uns dos outrose sabe que temos diferentes _____________ e_______________.

4 – Deus deseja utilizar essas diferenças, para nosajudar a __________ na ______________de Cristo.

 

Amor implica em padrões elevados.

 

1 – Jesus disse que temos que ser ____________________,assim como Ele é para nós.

2 – O amor de Cristo não é _____________,mas é ___________ e __________ à vontade do Pai.

 

Leia: Assim já não sou eu quem vive,mas Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé noFilho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim.(Gálatas 2:20 — NTLH)

 

Medite:

· Comodevemos viver?

· Por quedevemos viver assim?

· O queCristo fez por nós?

 

QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:

 

1 – O texto de João 13:24 apresenta um mandamento.Qual é esse mandamento? Qual o motivo desse mandamento?

2 – A partir de I João 4:21, como podemosdemonstrar que amamos a Deus?

3 – Leia o texto de Romanos 5:8 e responda comoDeus demonstrou seu amor por nós?

4 – Como você pode demonstrar o amor sacrificial deCristo a uma pessoa não amável, em sua vida hoje?

 

SERVIÇO (10 MINUTOS):

 

Na semana anterior, foi gasto um tempo conhecendoas pessoas do grupo. Continuem com esse tempo, falando de outras questões nãoabordadas como, por exemplo: filhos, planos, estudos e etc. Comecem a pensar emalguma atividade de recreação, que podem fazer juntos e com suas famílias.

 

COMPARTILHAR (15 MINUTOS):

 

1 – Permita que cada membro do grupo, diga como foiimportante receber ou enviar e-mails ou telefonemas dos irmãos durante asemana.

2 – Na semana anterior foi iniciado um debate, paraidentificar e listar pessoas sem amizades na igreja. Continuem esse debate eorganizem a lista em ordem de níveis de relacionamentos, ou seja, dos que temmenos amigos para os que têm mais amigos.

 

ADORAÇÃO (10 MINUTOS):

 

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitempara atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e deforma simples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir oscompromissos que foram assumidos.

 

ANTES DE SAIR:

 

* Caso alguém tenha faltado na reunião, o grupodeve escolher uma pessoa, que terá a tarefa de entrar em contato com o ele, emnome do grupo, demonstrar o quanto o grupo sentiu sua falta, além deestimulá-lo a estar presente na próxima semana.

PORQUE DEUS NOS AMA

COMUNHÃO (10 MINUTOS):

* Dê a todos a oportunidade de se apresentarem e compartilharem como vieram fazer parte deste grupo.
* Abra o Guia para Estudo do Pequeno Grupo, na seção de “Recursos para o pequeno grupo”. Passe alguns minutos lendo essas diretrizes com o grupo, lembrando que elas vão ajudar a todos sobre o que esperar deste grupo e como podem contribuir para tornar essa experiência mais significativa.

CRESCIMENTO (55 MINUTOS):

Leia: Amigos, se foi assim que Deus nos amou, então nós devemos nos amar uns aos outros. (I João 4:11 — NTLH)

Medite:

· O que devemos fazer?

· Por que devemos fazer?

A questão fundamental da vida é aprender a amar.

1. O principal propósito na vida é o _____ eo desenvolvimento de ________________ com Deus e com as pessoas.

2.Aprender a amar é a ______________ mais importante.

Leia: — “Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma e com toda a mente.” Este é o maior mandamento e o mais importante. E o segundo mais importante é parecidocom o primeiro: “Ame os outros como você ama a você mesmo.”(Mateus 22:37-39 — NTLH)

Medite:

· Qual é o maior e mais importante mandamento?

· Qual é o segundo mais importante mandamento?

3. Deus éamor e quer que você se torne _____________ a Ele.

4. O ______________é a raiz de praticamente todos os problemas.

5. Overdadeiro amor coloca as ______________ dos outros antes das suaspróprias.

Amar é dar aos outros o que eles precisam e não o que merecem.

1. Amar é ______________pelos outros.

2.O amor verdadeiro concentra-se em ______________________ você e não emcomo você pode me servir.

3. O amor verdadeirorequer ______________, ______ de Deus e ______________.

4. Aprender o amor genuíno não é fácil, mais irá ____________sua vida aqui na terra e____________ para a eternidade.

Leia: Se alguém diz: “Eu amo a Deus”, mas odeia o seu irmão, é mentiroso. Pois ninguém pode amar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê. O mandamento que Cristo nos deu é este: quem ama a Deus, queame também o seu irmão. (I João 4:20-21 — NTLH)

Medite:

· O que é uma pessoa que diz que ama a Deus, mas odeia o seu irmão?

· Por que essa pessoa é mentirosa?

· Qual é o mandamento que Cristo nos deu?

5. Vocênão pode aprender a amar ________.

6. Você tem que se relacionar com _____________tipos de pessoas para __________ o amor.

7. ____________é o contexto onde aprendemos a amar.

Há três alicerces sobre os quais baseamos a vida de amor:

* O amor de Deus por nós é a _________________________________.

* O amor de Deus em nós ________________________________.

* O amor de Deus através de nós é o ____________________________.

Leia: Nós amamos porque Deus nos amou primeiro.(I João 4:19 — NTLH)

Medite:

· O que fazemos?

· Por que fazemos?

QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:

1. Em I João 4:11, lemos um motivo para amarmos unsaos outros. Qual é esse motivo?

2. Leia Mateus 22:37-38 e responda: Qual é o maiormandamento? E em qual intensidade devemos praticá-lo?

3. Em I João 4:20-21, vemos a visão de Deus sobre oamor de uns para com os outros. Qual é esta visão? Como é vista uma pessoa que diz amar a Deus e não ama o irmão? Como posso saber se alguém ama verdadeiramente a Deus?

SERVIÇO (10 MINUTOS):

Como vimos, a maneira de desenvolver e praticar o amor é se envolver com outras pessoas. Sendo assim gaste um tempo com seu grupo identificando profissões, endereço, prazeres e dificuldades, para melhorar o nível de relacionamento do grupo.

COMPARTILHAR (15 MINUTOS):

1. Comprometa-se a mandar e-mails ou telefonar durante a semana, para os membros do grupo, com o intuito de compartilhar o queDeus tem feito em sua vida e estimulando os irmãos a estarem juntos na próxima semana.

2. Comecem a debater sobre as pessoas na igreja que não têm muitas amizades, listem todas elas, pois mais adiante o grupo vai utilizara lista. Caso o grupo conheça algum tipo de necessidade dessas pessoas, elas também devem ser listadas.

ADORAÇÃO (10 MINUTOS):

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitem para atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e deforma simples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir os compromissos que foram assumidos.

ANTES DE SAIR:

* Anotem os telefones e e-mails de todos os membros do grupo na seção “Agenda de contatos” do Guia para Estudo do Pequeno Grupo.

*Eleja uma pessoa para organizar a rede de oração, onde todas as necessidades de oração serão enviadas, para que ela possa encaminhar a todos os membros do grupo via e-mail ou telefonemas.

Defendendo a fé em tempos de apostasia – Parte 13

(Walter de Lima Filho – Terça – 02/09/2014)

Se preferir faça o download:

“EXEMPLOS HISTÓRICOS DE APOSTASIA” (2)
“OS ANJOS REBELDES”
Judas 6

Judas apresenta mais um exemplo histórico de apostasia: os anjos que se rebelaram contra a autoridade e a glória de Deus no “Céu”!

icon_bibliaLembrem dos anjos que não ficaram dentro dos limites da sua própria autoridade, mas abandonaram o lugar onde moravam. Eles estão amarrados com correntes eternas, lá embaixo na escuridão, onde Deus os está guardando para aquele grande dia em que serão condenados. (Jd.6 NTLH)

Judas pediu aos seus leitores que se lembrassem dos anjos que foram expulsos do “Céu” e por qual razão, ele faz esse pedido? Ele queria que os cristãos soubessem que Deus não promete bem-estar final a seres inteligentes, mesmo aos anjos que são superiores a nós seres humanos, em inteligência.

Há uma doutrina errada que é baseada no “Universalismo” e que é frequente em nossas igrejas no mundo de hoje! Nós ouvimos sempre: “Deus quer livrá-lo de todo insucesso e lhe oferece vitórias para todas as áreas da sua vida! Deus quer agir a seu favor, tenha fé!” Estas frases soam como verdades, porque nelas há uma meia verdade.

Quando você ouve frases assim, para onde vai a sua imaginação, se não a soluções de problemas, a uma vida financeiramente próspera e ao bem-estar terreno? Dificilmente, alguém pensaria na bênção da salvação e na eternidade!

Nós temos visto vários erros doutrinários, que em menos de 60 anos entraram na Igreja sorrateiramente, após o dia do Pentecostes. Nós aprendemos sobre:

  • Gnosticismo. Eram místicos, pois baseavam seus ensinamentos em visões e conhecimentos além da Bíblia.
  • Antinomismo. Não importa o que a pessoa faz com o corpo, pois é o espírito que será salvo. Essa filosofia gera o liberalismo e a libertinagem.
  • Judaizantes. Ensinavam que era necessária a prática da velha religião dentro do Evangelho ou do Cristianismo.
  • Universalismo. Deus não disciplina e nem castiga o ser inteligente, mas oferece o bem-estar final a todos.

Essas doutrinas estão dentro da Igreja hoje e muitos pregadores as usam, para atrair pessoas que não conhecem o caráter de Deus e o Evangelho de Jesus para suas “teias”. Como nós podemos discernir esses falsos ensinamentos nos dias atuais em nossas igrejas?

GNOSTICISMO. Quando um pregador diz que descobriu um método para fazer a sua igreja crescer e usa de artifícios místicos que anulam a mensagem do arrependimento, o sacrifício de Cristo, Seu poder e ensinam coisas que não fazem parte do contexto das histórias da Bíblia, ou das razões do Senhor ter dito o que disse, ele está praticando algo parecido ao “Gnosticismo”. Infelizmente, ele está caminhando pelo caminho da apostasia e ao se aprofundar nesse caminho, poderá não haverá mais volta para ele como para os que seguem seus ensinamentos!

ANTINOMISMO. Quando um pregador diz que Deus aceita um determinado comportamento, ao qual o próprio SENHOR claramente o denomina como imoral, ele está praticando algo parecido ao “Antinomismo” e está trilhando um caminho de apostasia, com a probabilidade de eternamente se perder!

JUDAIZANTES. Quando um pregador insere práticas de religiões que Deus claramente rejeitou, ele está praticando algo parecido aos “Judaizantes” e está se enveredando pelo caminho da apostasia.

UNIVERSALISMO. Quando um pregador diz que Deus quer agir a favor das pessoas em qualquer área, para vitórias e bem-estar terreno, mas não se preocupa em afirmar a necessidade da rendição a Cristo, para que através Dele as pessoas conheçam a Deus (Seu caráter, vontade, planos e princípios do Seu Reino) por meio das Escrituras, ele está praticando algo parecido ao “Universalismo” e também se enveredou pela trilha da apostasia!

Quando eu uso a expressão “algo parecido” a essa ou àquela doutrina, é que estou procurando lhes dar condições para discernirem erros doutrinários que entraram sorrateiramente em nosso meio. Eu quero que vocês tenham elementos, para poderem observar onde está o “espírito do erro”, que conduz as pessoas para longe da Verdade Divina e faz com que elas deixem de experimentar a “Vida Verdadeira”! Jesus disse:

icon_bibliaPois quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa terá a vida verdadeira. (Mt.16:25 NTLH)

Jesus diz ainda:

icon_bibliaQuem ama a sua vida não terá a vida verdadeira; mas quem não se apega à sua vida, neste mundo, ganhará para sempre a vida verdadeira [vida eterna]. (Jo.12:25 NTLH)

O Espírito Santo inspirou o apóstolo João a dizer o seguinte:

icon_biblia15 Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. 16 Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo. 17 E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre. (1 Jo.2:15-17 NTLH)

Quando João diz sobre não amar o mundo, a ideia é que não devemos ser atraídos por uma mensagem falsa, que nos garante “soluções, descanso ou bem-estar” terrenos, ou seja, dentro de um plano sem os princípios de Deus.

O verdadeiro descanso que Ele promete a Seus filhos não está neste mundo, mas ao Seu lado, na eternidade. Neste mundo nós só teremos aflições e a paz que Jesus oferece é diferente da deste mundo! (cf. Jo.16:33; 14:27)

Eu gostaria que vocês entendessem que o espírito do mundo teve seu início no Céu, através dos anjos rebeldes, cujo líder dessa rebelião foi um “querubim guardião ou ungido” (cf. Ez.28:12-19), que hoje é conhecido como Satanás (Adversário) ou Diabo (Acusador) e que arrebanhou à sua rebelião contra Deus, uma terça parte dos anjos.

Como resultado dessa rebelião, todos os anjos rebeldes foram expulsos do “Céu” e não há perdão para eles como o apóstolo Pedro declarou:

icon_bibliaPois Deus não deixou escapar os anjos que pecaram, mas os jogou no inferno e os deixou presos com correntes na escuridão, esperando o Dia do Julgamento. (2 Pe.2:4 NTLH)

Por que Judas menciona a rebelião dos anjos e a condenação deles? Por apesar de serem seres inteligentes, os anjos cometeram um grande pecado! Eles, juntamente com o seu líder, estimularam no “Céu” uma rebelião contra Deus e é claro, com idéias falsas. Eles seguiram um caminho de apostasia e não houve caminho de volta para eles.

Além do mais, os praticantes do Gnosticismo afirmavam serem possuidores de grandes visões, demonstravam uma falsa humildade e ensinavam que os anjos deveriam ser adorados. Paulo contrariou essa ideia:

icon_bibliaNão deixem que ninguém os humilhe, afirmando que é melhor do que vocês porque diz ter visões e insiste numa falsa humildade e na adoração de anjos. (…) (Cl.2:18 NTLH)

Cuidado com essa doutrina de orar ao “anjo da guarda”! A ninguém mais foi dado o poder de unir os homens a Deus, se não a Jesus como Paulo escreveu:

icon_bibliaPois existe um só Deus e uma só pessoa que une Deus com os seres humanos – o ser humano Cristo Jesus. (1 Tm.2:5 NTLH)

Jamais cultue ou se dobre em oração a um anjo, pois eles são ministros de Deus como nós! Eles servem aos propósitos de Deus como nós O servimos!

Os anjos rebeldes servem de exemplo para aqueles que acendem no coração das pessoas “um fogo estranho”, ou uma fé falsa, ou seja, ensinamentos que contrariam a Verdade de Deus e rebaixam a Sua glória.

Como ministros de Deus, Judas diz que os anjos “não ficaram dentro dos limites da sua própria autoridade, mas abandonaram o lugar onde moravam”. Eles não se mantiveram em uma posição de dedicação completa a Deus e se voltaram para uma atitude voluntária de rebeldia e pecado.

Judas ainda diz que: “Eles estão amarrados com correntes eternas, lá embaixo na escuridão, onde Deus os está guardando para aquele grande dia em que serão condenados”. Vamos “supor” (entendeu bem?) queeles queiram mudar. Eles não podem e não conseguem, pois Deus lhes deu outra condição ou natureza, que não lhes dão nenhuma chance de voltar a serem o que eram!

Portanto, é justamente isso o que acontecesse com o apóstata. Ele chega a um ponto em suas crenças e propostas, que Deus o encerra em uma grande ignorância espiritual, pois abandonaram a pureza e a dedicação completa a Deus e já receberam a condenação!

Esses apóstatas são como muitos políticos, que se entregaram à corrupção e não conseguem mais abandoná-la, devido aos interesses e lucros pessoais. Jesus conseguiu com a Sua mensagem, que Zaqueu e Levi (Mateus) fossem transformados. Saulo, que depois foi chamado de Paulo, foi outro que Jesus conseguiu transformar. Entretanto, a maioria dos líderes religiosos da Sua época, continuou no caminho da perdição!

Jesus disse certa vez a alguns líderes da sua época na Terra:

icon_biblia43 Por que é que vocês não entendem o que eu digo? É porque não querem ouvir a minha mensagem. 44 Vocês são filhos do Diabo e querem fazer o que o pai de vocês quer. Desde a criação do mundo ele foi assassino e nunca esteve do lado da verdade porque nele não existe verdade. Quando o Diabo mente, está apenas fazendo o que é o seu costume, pois é mentiroso e é o pai de todas as mentiras. 45 Mas, porque eu digo a verdade, vocês não crêem em mim. (Jo.8:43-45 NTLH)

É impossível restaurar a quem Deus deu outra natureza. Alguém poderia mudar o coração do Faraó, após Deus tê-lo endurecido? Alguém poderia converter a Saul, após Deus tê-lo rejeitado? Digo seriamente: Alguns que estão pregando, fazendo milagres e até expulsando demônios, não entrarão no Reino dos Céus! (cf. Mt.7:19-23)

Que Deus tenha misericórdia de nós e que sejamos dedicados a Ele! Que nós O amemos, a ponto de combatermos a favor da fé, que uma vez por todas nos foi dada!

 

 

 

 

 

 

 

A nossa fé sempre será provada – Parte 3

(Walter de Lima Filho – Domingo – 31/08/2014)

Se preferir faça o download:

João 16:33

Nós temos aprendido que a fé verdadeira é construída por meio de provações e que expectativa não é fé. Expectativa é probabilidade e não a certeza de algo. Portanto, a nossa fé não é construída por meio de expectativa, mas por confiança, fidelidade e obediência a Deus, dentro de circunstâncias que ele nos coloca, e que às vezes, nos são desagradáveis!

Por essa razão, eu pretendo dar sequência a esta série, mostrando que:

“DEUS PROVA A NOSSA FÉ POR MEIO DE DIFICULDADES”

1. Diante das provações tenha coragem, por meio da paz que Jesus lhe dá.

icon_bibliaEu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.” (Jo.16:33 NTLH)

Neste verso, Jesus nos dá uma verdade: neste mundo nós teremos aflições, ou seja, pressões, dilemas, opressões, angústias e aflições. Ele espera de nós uma atitude de bom ânimo, ou seja, coragem! No entanto, essa intrepidez não deve ser cega ou impulsiva, mas com base na paz que Jesus nos dá.

A paz que Cristo nos dá não tem nada a ver com a sensação de bem-estar interior, mas com a nossa rendição a Deus. Portanto, essa paz significa que não lutaremos contra Ele, mas submeteremos nossas vidas à Sua Palavra em qualquer situação. Não fique esperando ter paz interior para obedecer a Deus, mas obedeça-O pela razão de estar em paz com Ele. Você se rendeu ao Senhor e aceitou os termos de se submeter a Ele.

O espírito do mundo não deseja que atuemos dessa forma, mas que O desprezemos a Deus e que acreditemos em algo mentiroso: se fizermos a vontade de Deus em determinadas situações, nada irá funcionar, pois ela não é útil em todos os casos. Lembre-se que Satanás é o “pai de todas as mentiras”! Paulo declara o seguinte:

icon_bibliaNão vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Rm.12:2 NTLH)

Paulo pede que não nos amoldemos ou vivamos pelos padrões de crenças deste mundo. Em vez de seguirmos os exemplos das pessoas que não respeitam a Deus, nós devemos permitir que Ele transforme a nossa maneira de pensar.

É interessante notar que o verbo “transformar” usado por Paulo, significa “transfigurar”. Portanto, o pedido de Paulo é que permitamos que a glória de Deus, ou seja, todo o Seu poder que flui através da Sua bondade, atue e seja visto por meio de nossas vidas.

Além do mais, a finalidade maior de tudo isso é que conheçamos que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável a Ele. Por quê? Porque quando permitimos que Ele atue neste mundo através de nós, as pessoas, inclusive, nós mesmos, verão como a vontade de Deus é útil, perfeita e agradável em todos os aspectos da vida.

Cada pessoa que vive neste mundo precisa experimentar a vontade de Deus e saber o quanto ela é valiosa! O mesmo se aplica a cada cristão verdadeiro. Deus sempre testará a nossa disposição para fazermos a Sua vontade, e, para isso, Ele permite que enfrentemos situações adversas.

2. As dificuldades não acontecem sem a permissão de Deus e Ele as usa, para testar ou provar a sua fé.

Pedro orienta os cristãos verdadeiros no seguinte:

icon_biblia6 Alegrem-se por isso,[pelas bênção eternas que Deus guarda para o Seu povo] se bem que agora é possível que vocês fiquem tristes por algum tempo, por causa dos muitos tipos de provações que vocês estão sofrendo. 7 Essas provações são para mostrar que a fé que vocês têm é verdadeira. Pois até o ouro, que pode ser destruído, é provado pelo fogo. Da mesma maneira, a fé que vocês têm, que vale muito mais do que o ouro, precisa ser provada para que continue firme. E assim vocês receberão aprovação, glória e honra, no dia em que Jesus Cristo for revelado. (1 Pe.1:6,7 NTLH)

Ninguém se alegra com as adversidades, mas Pedro pede que nos alegremos! O que Ele quer dizer com isso? Que nós permitamos dentro das dificuldades que o Espírito Santo jorre de dentro de nós como uma fonte que salta para a vida eterna, pois a conquista dessa “vida” deve ser a nossa maior alegria!

Quando agimos sempre desse modo, nós recebemos a aprovação Divina, ou seja, a recomendação de que no futuro, receberemos um corpo glorificado, cheio de honra, igual ao do nosso Senhor Jesus Cristo após a Sua ressurreição.

Infelizmente, muitos cristãos já não vibram mais com a conquista da vida eterna e de um corpo glorificado. Nós nos emocionamos quando conquistamos alguma vitória terrena, mesmo sabendo que esse mundo passará com todas as suas coisas e desejos.

Um cristão que não se anima para conquistar a vida eterna, pouco conhece sobre o caráter de Deus e de Seus planos para o ser humano. Mesmo em uma reunião, muitos apenas querem ter sentimentos e não esclarecimento espiritual acerca da Pessoa de Deus e de Seus propósitos.

3. Deus prova a sua fé para que você conheça mais sobre o Seu caráter e os propósitos que Ele tem para a sua vida.

Saiba que o que você sente ou deixa de sentir é menos importante do que conhecer o caráter de Deus e os propósitos que Ele tem para a sua vida. Certa vez, o profeta Isaías disse:

icon_bibliaEu os fiz sofrer, mas foi para purificá-los, como a prata é purificada na fornalha. (Is.48:10 NTLH)

Ele está dizendo que Deus permitiu um período de sofrimento sobre o Seu povo, a fim de purificá-lo. Purificar tem o sentido de podar, tornar limpo, para que a glória de Deus se manifeste através de quem Deus purifica. Toda pessoa que permite a poda constante de Deus, O verá sempre em ação na sua vida. Foi justamente isso o que Jesus quis dizer quando declarou:

icon_bibliaFelizes as pessoas que têm o coração puro, pois elas verão a Deus. (Mt.5:8 NTLH)

Lembre-se sempre: a pessoa cuja vida é constantemente podada por Deus, é pela razão de ser purificada e feliz ou abençoada. No entanto, toda poda é um corte e essa ação traz sempre alguma dor! Para nos podar, Deus usa momentos de pressões, aflições ou tribulações, a fim de nos podar e que se assemelham a verdadeiras fornalhas.

Certa vez, um homem fez uma pergunta a um ourives: “Como você sabe que a prata está pura?” Ele respondeu: “Quando eu posso ver meu rosto refletido nela!” A resposta do ourives em relação à purificação da prata, em muito se assemelha ao trabalho purificado de Deus em nós. Ele nos purifica, a fim de ver a Sua glória refletida em nós! Isso deve ser recebido com grande alegria e prazer!

Tiago diz:

icon_biblia2 Meus irmãos, sintam-se felizes quando passarem por todo tipo de aflições. 3 Pois vocês sabem que, quando a sua fé vence essas provações, ela produz perseverança. 4 Que essa perseverança seja perfeita a fim de que vocês sejam maduros e corretos, não falhando em nada! (Tg.1:2,3 NTLH)

Sentir-se feliz neste texto, significa ter prazer em Deus e no trabalho espiritual e moral que Ele está realizando em nós. No entanto, nós só podemos “saber” acerca disso quando temos o conhecimento espiritual que vem da nossa íntima relação com Deus.

A razão dessa felicidade e conhecimento é: sermos perseverantes, ou seja, tornar-nos pacientes, temperantes, pessoas com equilíbrio emocional. Além do mais, essa perseverança faz com que sejamos “maduros e corretos” e isso quer dizer, pessoas com integridade ou sobriedade, que estão sendo aperfeiçoadas e livres de defeitos que desagradam ao Pai.

Deus espera que desejemos ver a Sua ação nesses momentos de provas e entender as Suas razões. Por isso, Tiago diz:

icon_biblia5 Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos. 6 Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro. 7 Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor, 8 pois não tem firmeza e nunca sabe o que deve fazer. (Tg.1:5-8 NTLH)

Que nós aprendamos que “sabedoria”, na Bíblia, não é um conhecimento teórico, mas a capacidade de vermos a vida e todas as situações que ela nos impõe com os olhos de Deus, ou seja, pela perspectiva Dele. Quando somos capazes de receber esse tipo de sabedoria, nunca nos sentimos sozinhos ou abandonados, pois estamos vendo a mão de Deus sobre nós!

4. Não se alimente da solidão em meio às provações, mas creia na companhia Divina e nos Seus atos poderosos, que trarão honra e felicidade à sua vida.

O grande rei Davi, que também foi salmista, poeta e profeta, passou por momentos terríveis e difíceis em sua vida, mas nunca se sentiu abandonado por Deus. Ele não permitia que sua alma navegasse pelo “mar da solidão”. O seu exemplo de comunhão com Deus deve causar em todos nós um desejo de sermos mais íntimos do SENHOR, mesmo quando atravessamos vales sombrios.

No Salmo 23, Davi declara a sua confiança em Deus, a Sua provisão, proteção e o seu desejo de estar na presença de Deus eternamente.

icon_biblia1 O SENHOR é o meu pastor: nada me faltará. 2 Ele me faz descansar em pastos verdes e me leva a águas tranqüilas. 3 O SENHOR renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como ele mesmo prometeu. 4 Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges. 5 Preparas um banquete para mim, onde os meus inimigos me podem ver. Tu me recebes como convidado de honra e enches o meu copo até derramar. 6 Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó SENHOR, morarei todos os dias da minha vida. (Sl.23 NTLH)

Jesus, certa vez, declarou que ficaria sozinho, pois seria abandonado pelos Seus discípulos. No entanto, Ele afirmou que mesmo ausente das pessoas, nunca estaria sem a presença do Pai. Jesus disse:

icon_bibliaPois chegou a hora de vocês todos serem espalhados, cada um para a sua casa; e assim vão me deixar sozinho. Mas eu não estou só, pois o Pai está comigo. (Jo.16:32 NTLH)

Momentos de grande terror, sofrimentos e a morte estavam se aproximando para Cristo! Ele suou sangue no jardim do Getsêmani, devido à Sua aflição de alma. Enquanto isso, os discípulos dormiam! Em Suas orações naquele lugar, por três vezes, Jesus pediu que o Pai fizesse a Sua vontade na Sua vida. O Seu exemplo nos mostra que quando confiamos na vontade de Deus dentro das dificuldades, não nos tornamos prisioneiros de síndromes ou pânicos. Diante das dificuldades, o que importa é obedecer imediatamente a Deus! Essa obediência sempre nos trará eterno peso de glória e honra da parte de Deus! Nunca haverá fé forte se ela não for provada! Não se esqueça: Deus provará a sua fé por meio das dificuldades!