banner_jsm_08

INTENCIONALMENTE

COMUNHÃO (10 MINUTOS):   * Inicie dando boas-vindas às pessoas que estiverempela primeira vez. * Dê a oportunidade para que todos comparti...

banner_jsm_07

PORQUE É TESTEMUNHO PARA O MUNDO

Comunhão (10 minutos):   * Pergunte a cada membro do grupo como foi asemana? * Qual foi o motivo pelo qual Deus planejou a vida? Como deve...

banner_jsm_06

PORQUE É UM ENSAIO PARA A ETERNIDAD...

Comunhão (10 minutos):   * Inicie a reunião dando oportunidade para quetodos os membros do grupo compartilhem como foi a semana. * O que é...

banner_jsm_05

PORQUE SOMOS UMA SÓ FAMÍLIA

Comunhão (10 minutos):   * Inicie dando oportunidade para que todos osmembros do grupo compartilhem como foi a semana. * Como podemos sabe...

Mensagens de Domingo

homem-pensando

A nossa fé sempre será provada – Parte 3

(Walter de Lima Filho - Domingo - 31/08/2014) Se preferir faça o download: João 16:33 Nós temos aprendido que a fé verdadeira é constru...

Mensagens de Terça-feira

Apostasia-240211

Defendendo a fé em tempos de apostasia – Parte 17

(Walter de Lima Filho - Terça - 30/09/2014) Se preferir faça o download: “OS TRÊS GRUPOS DE REBE...

Juntos Somos Melhores

banner_jsm_08

INTENCIONALMENTE

COMUNHÃO (10 MINUTOS):   * Inicie dando boas-vindas às pessoas que estiverempela primeira vez. * Dê a oportunidade para que todo...

INTENCIONALMENTE

COMUNHÃO (10 MINUTOS):

 

* Inicie dando boas-vindas às pessoas que estiverempela primeira vez.

* Dê a oportunidade para que todos compartilhemcomo foi a semana.

* O que as pessoas que não são cristãs observam emnós?

* O que eu preciso ter para conseguir viver emcomunidade?

 

CRESCIMENTO (55 MINUTOS):

 

Portanto, orem para que eu faça com que o segredo de Cristo seja bem conhecido, como é o meu dever. Sejam sábios na sua maneira de agir comos que não crêem e aproveitem bem o tempo que passarem com eles. Que as suasconversas sejam sempre agradáveis e de bom gosto, e que vocês saibam tambémcomo responder a cada pessoa! (Colossenses 4:4-6 – NTLH)

 

Medite:

· Por que Paulo pede que os Colossenses orem por ele?

· Como Paulo considera a tarefa de tornar o segredo de Cristo conhecido?

· Como devemos agir com os que não crêem em Cristo?

· Como devem ser nossas conversas com os não crentes em Cristo?

 

O amor preocupa-se com o destino de todos.

 

1. Temos a mensagem mais _____________, ____________e __________ para ______________com o mundo;

2. O amor não nos dá _________, se não compartilhar com o mundo;

3. O ponto de partida é ter __________ defazê-lo;

4. Precisamos _________ começar a nos _____________com o destino _________ das pessoas que nos _________.

 

Sejam sábios no procedimento.

 

1. Tudo o que _________ é testemunho a _______ou ________ Cristo;

2. As pessoas vão querer _____ como um cristão _________ age;

3. As ____________ que damos as situações denossas vidas são ________________.

 

Aproveitem ao máximo todas as oportunidades.

 

1. Temos que estar _________ as oportunidades;

2. Temos que _______ a Deus, que abra nossos olhos para __________ as _________________ que Ele nos dá;

3. Fazer o _________ em todas as oportunidades requer _______ em constante _________com Cristo;

4. Ter a _________ de que nossas palavras são sempre ______________.

 

QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:

 

1. Lendo Colossenses 4:5-6, responda: Quais asdicas que o autor nos dá?

2. Alguém vai estar no céu por sua causa?

 

SERVIÇO (10 MINUTOS):

 

Façam uma pesquisa entre os membros do grupo elistem todas as pessoas que os membros pretendem alcançar para Jesus.

 

COMPARTILHAR (15 MINUTOS):

 

1 – Dê a oportunidade para que todos os membros dogrupo compartilhem como tem sido importante enviar e receber e-mails etelefonemas dos irmãos durante a semana;

2 – Gastem um tempo planejando uma atividade emgrupo, onde será possível convidar as pessoas alvos de evangelismo do grupo.

 

ADORAÇÃO (10 MINUTOS):

 

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitempara atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e deforma simples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir oscompromissos que foram assumidos.

 

ANTES DE SAIR:

 

* Anotem os telefones e e-mails dos visitantes queo grupo recebeu, caso isso tenha ocorrido.

* Caso alguém tenha faltado na reunião, o grupo deve escolher uma pessoa, que terá a tarefa de entrar em contato com ele, em nome do grupo e demonstrar o quanto o grupo sentiu sua falta, além de estimulá-lo a estar presente na próxima semana.

PORQUE É TESTEMUNHO PARA O MUNDO

Comunhão (10 minutos):

 

* Pergunte a cada membro do grupo como foi asemana?

* Qual foi o motivo pelo qual Deus planejou a vida? Como devemos nos portar diante desse motivo?

* Quais são as três dimensões do amor que devemoster?

 

Crescimento (55 minutos):

 

Se tiverem amor uns pelosoutros, todos saberão que vocês são meus discípulos.(João 13:35 — NTLH)

 

Medite:

· Como aspessoas que não conhecem a Deus conseguem saber que somos cristãos?

 

O mundo todo está observando como é oamor que temos uns pelos outros.

 

1 – Provamos nossa ___ em Cristo através doamor que ___________ uns aos outros.

2 – O amor _______ nós é um _________do amor de Deus.

3 – O amor entre nós ______________ ao mundoo ________ de Deus, em vidas___________________.

4 – Se o mundo não ____ o amor de Deus __________________em nossas vidas, terá problemas em ___________ que Ele existe.

5 – Esse amor _________ o mundo de forma tão______________ e ____________ que as pessoas não poderão _________.

 

Então peço que me dêem a grande satisfação de viverem em harmonia, tendo um mesmo amor e sendo unidos de alma emente. (Filipenses 2:2 – NTLH)

 

Medite:

· Qual éo pedido que Paulo faz aos filipenses?

· Comosabemos que estamos vivendo em harmonia?

 

6 – O mundo está ______________ por amor esenso de comunidade.

 

Comunidade requer unidade sobre ospropósitos da vida.

 

1 – Nosso amor _______ demonstra ao mundo nossa ________ com o Pai.

2 – A ____________ de nossa igreja dentro da comunidade está __________ no amor que temos uns pelos outros.

3 – As pessoas estão menos __________________com nossas __________ do que com nossas _______ de amor.

4 – O _______ como você ama aos outros ________sobre o amor de Deus.

 

Questõespara discussão:

 

1 – Leia João 13:35 e responda como as pessoas podem saber que somos cristãos?

2 – Qual é o pedido que o autor de Filipenses, fazno capítulo 2, verso 2?

3 – O que suas ações estão falando sobre o amor deDeus?

 

Serviço (10 minutos):

 

Dê a oportunidade para que todos compartilhem comoestá indo a tarefa de conhecer novas pessoas na igreja, descobrir suasnecessidades e ajudá-las, além de convidá-las para o pequeno grupo.

 

Compartilhar (15 minutos):

 

1 – Dê a oportunidade para que todos os membros dogrupo compartilhem como tem sido importante enviar e receber e-mails etelefonemas dos irmãos durante a semana.

2 – Continuem avaliando e planejando novosatendimentos, na tarefa de suprir as necessidades dos novos amigos.

 

Adoração (10 minutos):

 

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitempara atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e de formasimples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir oscompromissos que foram assumidos.

 

Antesde sair:

 

* Anotem os telefones e e-mails dos visitantes queo grupo recebeu, caso isso tenha ocorrido.

* Caso alguém tenha faltado na reunião, o grupo deve escolher uma pessoa, que terá a tarefa de entrar em contato com ele, em nome do grupo e demonstrar o quanto o grupo sentiu sua falta, além de estimulá-lo a estar presente na próxima semana.

PORQUE É UM ENSAIO PARA A ETERNIDADE

Comunhão (10 minutos):

 

* Inicie a reunião dando oportunidade para quetodos os membros do grupo compartilhem como foi a semana.

* O que é a igreja e como ela deve ser caracterizada?

* O que podemos aprender com a família espiritual?

 

Crescimento (55 minutos):

 

O nosso profundo desejo é quecada um de vocês continue com entusiasmo até o fim, para que, de fato, recebamo que esperam. (Hebreus 6:11 — NTLH)

 

Medite:

· O que o autor de Hebreus nos pede?

· Por que ele nos pede?

 

A maior lição da vida é o amor.

 

1 – Deus __________ a vida para que ______________a amar uns aos outros como Ele nos ama.

2 – Deus usa todas as _________, ______________,___________, _____________ e_______________ para nos _______________em pessoas capazes de amar.

3 – Deus é amor e ________ que sejamos _____________a Ele.

 

Quem não ama não o conhece, pois Deus é amor. (I João 4:8 — NTLH)

 

Medite:

· Quemnão conhece a Deus?

· Por que elas não o conhecem?

 

4 – O amor que estamos aprendendo a ter não irá _________,pois, o amor é _________.

 

Devemos amar urgentemente.

 

1 – Existe uma __________ sobre o aprendizado do amor, porque hoje pode ser o nosso_______ dia na terra.

2 – As ________________ para _______________amor vêm e vão _____________.

 

Devemos amar consistentemente.

 

1 – Enquanto vivemos, devemos ____________amando.

2 – Devemos ________ nessa vida de amor, onde ____________ vivendo em Deus.

 

E nós mesmos conhecemos o amorque Deus tem por nós e cremos nesse amor. Deus é amor. Aquele que vive no amorvive unido com Deus, e Deus vive unido com ele. (I João4:16 – NTLH)

 

Medite:

· O queconhecemos?

· O quecremos?

· Comovive uma pessoa que vive no amor?

 

Devemos amar com expectativa.

 

1 – Precisamos ___________ amando até _________a nossa _____________.

2 – É naqueles que amamos que vamos ____________nossa maior recompensa.

 

Questõespara discussão:

 

1 – Leia Hebreus 6:11 e responda: O que o autorpede que façamos e por que?

2 – Em I João 4:8, vemos a maneira de conhecerDeus. Qual é essa maneira?

3 – Leia I João 4:16 e responda: como podemos viverunidos com Deus?

4 – O que você pode fazer para colocar em práticaum amor mais urgente, consistente e que tem expectativa?

 

Serviço (10 minutos):

 

* Caso algum dos novos amigos tenha vindo visitar ogrupo, gastem um tempo explicando como funciona o grupo e seus objetivos.

* Dê a oportunidade para que todos compartilhemcomo está indo a tarefa de conhecer novas pessoas na igreja, descobrir suasnecessidades e ajudá-las, além de convidá-las para o pequeno grupo.

 

Compartilhar (15 minutos):

 

1 – Permita que cada um compartilhe como tem sidoimportante enviar e receber e-mails e telefonemas dos irmãos durante a semana;

2 – Avaliem como foi o atendimento das necessidadesiniciada na semana anterior e continuem planejando novos atendimentos.

 

Adoração (10 minutos):

 

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitempara atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e deforma simples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir oscompromissos que foram assumidos.

 

Antesde sair:

 

* Anotem os telefones e e-mails dos visitantes queo grupo recebeu, caso isso tenha ocorrido.

*Caso alguém tenha faltado na reunião, o grupo deve escolher uma pessoa, que terá a tarefa de entrar em contato com ele, em nome do grupo e demonstrar o quanto o grupo sentiu sua falta, além de estimulá-lo a estar presente na próxima semana.

PORQUE SOMOS UMA SÓ FAMÍLIA

Comunhão (10 minutos):

 

* Inicie dando oportunidade para que todos osmembros do grupo compartilhem como foi a semana.

* Como podemos saber que pertencemos à família deDeus?

* Como aceitar o que Deus tem para nos oferecer?

 

Crescimento (55 minutos):

 

Respeitem todas as pessoas, amemos seus irmãos na fé, temam a Deus e respeitem o Imperador.(I Pedro 2:17 — NTLH)

 

Medite:

· Comodeve ser a conduta de um cristão?

 

Nós temos um forte desejo de pertencer.

 

1 – A igreja não é ______ por nós, mas sim é algo a que _______________.

2 – A igreja é a _______ do povo de Deus.

3 – Por esse motivo devemos ser ___________uns aos outros com amor ____________.

 

Amem uns aos outros com o amor de irmãos em Cristo e se esforcem para tratar uns aos outros com respeito.(Romanos 12:10 – NTLH)

 

Medite:

· O que devemos fazer?

· Comodeve ser nosso irmão?

 

4 – Esse sentimento de ____________ emfamília, permite que ____________ uma autêntica_____________________.

5 – Família é sinônimo de _________________firme e profundo, de ___________ um ao outro, não _____________quão difícil possa ser.

6 – Deus quer _____________ para vocêexatamente a ________ que tem __________.

 

Como nossa família espiritual pode nosensinar a amar?

 

1 – Primeiramente, _____________ a _______________relacionamentos ___________.

2 – Aprenderemos que, para esses relacionamentosacontecerem, é necessário termos_____________, _________________,__________ e uma grande quantidade de __________.

3 – Segundo lugar, aprenderemos a desenvolver o _________semelhante ao de Cristo;

4 – Vamos ver __________ de _____________e _____________ demonstrados. Vamos _______os nossos própriosexemplos, enquanto ___________________.

5 – Terceiro lugar, aprendemos a ____________dos __________________.

 

Questõespara discussão:

 

1 – A partir de I Pedro 2:17, como deve ser nossapostura diante das pessoas, Deus e autoridades?

2 – Leia Romanos 12:10 e responda: Como deve sernosso amor e nosso tratar?

3 – Quanto você tem se dedicado à sua famíliaespiritual?

 

Serviço (10 minutos):

 

Dê a oportunidade para que todos compartilhem comoestá a indo a tarefa de conhecer novas pessoas na igreja e descobrir suasnecessidades.

 

Compartilhar (15 minutos):

 

1 – Permita que cada membro do grupo compartilhecomo tem sido importante enviar e receber e-mails e telefonemas dos irmãosdurante a semana.

2 – Dentre as necessidades identificadas e listadasnas últimas semanas, das pessoas que o grupo tem procurado desenvolverrelacionamentos, escolham 2 ou 3 e planejem como irão atender.

3 – Gastem um tempo planejando como vão atrair parao grupo pequeno as pessoas que estão conhecendo nas últimas semanas (isso seelas não pertencerem a nenhum grupo).

 

Adoração (10 minutos):

 

* Compartilhem os pedidos de oração e aproveitempara atualizar a agenda de oração.

* Orem uns pelos outros, pela igreja, pelosministérios e pelo Pr. Walter.

* Escolha uma pessoa para orar em voz alta e deforma simples, agradecendo pela reunião e para que Deus os ajude a cumprir oscompromissos que foram assumidos.

 

Antesde sair:

 

*Caso alguém tenha faltado na reunião, o grupo deve escolher uma pessoa, que terá a tarefa de entrar em contato com ele, em nome do grupo e demonstrar o quanto o grupo sentiu sua falta, além de estimulá-lo a estar presente na próxima semana.

Defendendo a fé em tempos de apostasia – Parte 17

(Walter de Lima Filho – Terça – 30/09/2014)

Se preferir faça o download:

“OS TRÊS GRUPOS DE REBELDES” (2)
“O ERRO DE BALAÃO”
Judas 11

Judas continua falando sobre os falsos mestres, que pregavam doutrinas falsas dentro da Igreja. Na semana passada, nós meditamos sobre o caminho de Caim, e hoje, veremos o “Erro de Balaão”.

1. Nenhuma maldição pode ser rogada sobre os verdadeiros filhos de Deus.

Balaão foi um nativo de Petor, uma cidade da Mesopotâmia, investido pelo SENHOR com poder profético. A história de Balaão está registrada em Números 22-25. Ele recebeu dinheiro de Balaque, o rei dos Moabitas (povo que vivia em Canaã com costumes imorais), para amaldiçoar o povo de Israel, e Deus disse a ele que não poderia amaldiçoar um povo que era abençoado. Isso já nos diz alguma coisa:

Se você é um verdadeiro filho de Deus, pare de viver pensando que maldições irão “pegar” em você! Um cristão verdadeiro só é amaldiçoado quando se torna um desgraçado, ou seja, alguém que rejeita não só a graça de Deus, como também as responsabilidades que ele tem para com ela voluntariamente.

Aqueles que tentam amaldiçoar “um verdadeiro filho de Deus”, ainda não entenderam que Ele pode transformar a maldição proferida em bênçãos, porque o Pai ama quem é Dele de coração. Certa vez, Moisés disse ao povo de Deus o seguinte:

icon_biblia 4 Porque, quando vocês estavam saindo do Egito, eles não lhes deram comida nem água. E também porque pagaram Balaão, filho de Beor, da cidade de Petor, na Mesopotâmia, para amaldiçoar vocês. 5 Mas o SENHOR, nosso Deus, não atendeu o pedido de Balaão; pelo contrário, Deus virou a maldição em bênção porque ama vocês. (Dt.23:4,5 NTLH)

2. Cuidado com o uso do espiritual, apenas para obter o material.

O erro ou caminho de Balaão é aquele em que a pessoa comercializa dons e ministérios. A pessoa usa do espiritual para obter o material. O apóstolo Paulo diz o seguinte:

icon_biblia 5 Pois vocês sabem muito bem que não usamos palavras bonitas para enganar vocês, nem procuramos tapear vocês para conseguir dinheiro. Deus é testemunha disso. 6 Nunca procuramos elogios de ninguém, nem de vocês nem de outros. (1 Ts.2:5,6 NTLH)

Você quer reconhecer um falso mestre? Ele geralmente cobiça o lucro material e, como Balaão, faz qualquer coisa por dinheiro ou bens materiais! Não adianta nada, um pregador falar a verdade, dizer palavras bonitas e se posicionar contra os erros da sociedade, se ele demonstra ser ganancioso por prestígio e dinheiro. A sua ganância por essas coisas o faz andar no “erro ou caminho de Balaão”!

Como Balaão, muitos pensam poder escapar incólumes desse tipo de rebelião, mas se enganam. Alguém pode ser verdadeiro até certo tempo, mas se prostituir seus dons, ministério e destruir a fé do povo de Deus com sua atitude gananciosa, ele será severamente punido!

3. Fuja das práticas mundanas, pois esse é o melhor caminho para agradar a Deus.

No entanto, Balaão não conseguiu amaldiçoar o povo de Deus, mas ensinou a Balaque como poderia destruí-lo. O caminho para a destruição do povo de Deus era este:

“Balaque torne-se amigo dos israelitas, chame-os para morar perto, a fim de eles se tornem seus vizinhos. Convide-os para que participem das suas festas (orgias) e envolva-os nos costumes e cultura do seu povo.

Balaque seguiu o conselho de Balaão e o povo de Israel se tornou vizinho dos Moabitas. A seguir, Israel se perverteu nas práticas imorais nas festas pagãs promovidas pelos Moabitas e se tornou como eles. Deus puniu a Balaão e a milhares do Seu povo.

O conselho de Paulo, como princípio, não deve ser desprezado:

icon_biblia Vocês não podem beber do cálice do Senhor e também do cálice dos demônios. Vocês não podem comer na mesa do Senhor e também na mesa dos demônios. (2 Co.6:21 NTLH)

Infelizmente, há festas promovidas por cristãos que em nada diferem das dos pagãos, e isso, para a tristeza de Deus! João, o apóstolo, declarou o seguinte:

icon_biblia Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. (1 Jo.2:15 NTLH)

O próprio João, na ilha de Patmos, recebeu uma revelação do Senhor Jesus acerca da “doutrina de Balaão”, que estava sendo aceita na igreja de Éfeso e na Igreja do primeiro século:

icon_biblia Mas tenho algumas coisas contra vocês: há entre vocês alguns que seguem o ensinamento de Balaão, que mostrou a Balaque como fazer com que o povo de Israel pecasse, dizendo que os israelitas deviam comer alimentos oferecidos aos ídolos e cometer imoralidades. (Ap.2:14 NTLH)

4. O erro ou caminho de Balaão foi o “Desvio de Conduta”.

4.1. Falsos líderes não se preocupam com a saúde espiritual do povo de Deus.

Balaão, por ganância, não se preocupou com o povo de Deus, apesar das advertências do Senhor. Ele ganhou o que queria, mas perdeu a sua alma, o seu privilégio da eternidade ao lado de Deus, pelo seu “desvio de conduta”. O povo de Deus, por sua vez, também rejeitou os ensinamentos Divinos e “desviou-se da boa conduta” e o resultado dessa atitude foi a punição com morte de milhares de judeus.

Por falar em desvio de conduta, ele é uma característica frequente no ser humano. Esses desvios podem ser observados por padrões persistentes de conduta inadequada, agressiva e desafiante, com desvios de normas sociais, espirituais e direitos individuais.

O ambiente familiar e social exercem grande influência e manutenção de transtornos de conduta. Geralmente, quando não há equilíbrio entre a punição e recompensa aos atos de uma criança, adolescente ou adulto, a pessoa pode demonstrar tais transtornos. Essa regra vale tanto para os pais como aos que estão investidos de alguma autoridade na sociedade. Deus é amor, mas também é justiça!

4.2. Falsos líderes não se preocupam com o ensino da Palavra de Deus, mas somente em lucros pessoais.

Em países em que se tinha a Bíblia como a “Senhora ou Rainha” da educação moral, as pessoas, apesar de não gostarem, entendiam as punições justas, como também celebravam a recompensa pelo seu bom comportamento. Havia, pelo menos, um clima de ordem.

Quando a Bíblia foi retirada das escolas públicas e do seio familiar, iniciou-se um processo de dissipação dos valores morais, sociais e espirituais de todo o povo e nação. A sociedade sofre ao ver seus jovens se embriagando, se drogando e o número crescente de criminalidade, onde havia relativa ordem.

É óbvio notar os desvios de conduta em muitos filhos de Deus, pois acabamos de meditar nos transtornos comportamentais tanto de Balaão como do povo de Israel. Assim como Balaão, muitos falsos líderes cristãos ao abandonarem suas convicções do seu chamado ministerial, passaram a influenciar a Igreja do Senhor com a sua personalidade distorcida. Eles se tornaram gananciosos por poder, fama e dinheiro! Passaram a buscar métodos para terem “ao seu redor”, o maior número de pessoas e não para a alegria de Deus, mas para tirarem vantagens pessoais, especialmente financeiras.

Esses falsos líderes colocam a Bíblia, a Palavra de Deus, em segundo plano. Eles não ensinam o povo de Deus como fizeram os santos homens, tanto do Velho como do Novo Testamento. O povo de Deus, por sua vez, segue o caminho desses homens, acreditando que o espiritual lhes garantirá o material.

4.3. Falsos líderes não definem corretamente sobre o verdadeiro sentido da fé.

Hoje em dia, nós denominamos uma reunião abençoada, apenas pelo nível de liberação da emoção como uma explosão de sentimentos. Isso é muito perigoso, pois quando seguimos as emoções, não pensamos muito na Verdade Divina. Esse erro ocorre porque a ênfase está no “sentir” e não no “crer”. Não é necessário sentir para crer, mas é essencial pensar para crer!

Eu ouço com certa frequência, pessoas dizendo: “Eu sinto, Deus está comigo?” Outras dizem: “Eu não estou sentindo nada, Deus não está comigo?” Isso é muito triste e a razão é que confundimos “crer” com “sentir”.

Parece-me que ler, meditar e estudar a Bíblia são sinônimos de perda de tempo, pois quem exerce tais práticas, segundo as “vozes do engano”, está matando a sua fé. Quem fala desse modo, perverte e não entende o sentido das palavras de Paulo, quando diz: & “A letra mata e o Espírito vivifica!” (cf. 2 Co.3:6)

Ora, sem conhecimento bíblico não há como crer e nem como se manter na fé! Um líder cristão ou qualquer igreja que se abstenham do ensino da Palavra de Deus, são sérios candidatos a desvios mentais e de conduta, pois não haverá realidade ou Verdade que acuse suas consciências por tais desvios mentais e comportamentais.

4.4. Falsos líderes se gabam dos lucros alcançados pelos seus métodos.

Muitos se sentem impunes a tudo o que nós estamos comentando, pois a recompensa que eles recebem é proveniente dos frutos dos seus próprios métodos e não do Senhor. Eles se gabam de estarem alcançando resultados extraordinários pelos métodos que usam, pois dão a eles um falso prestígio, grandeza, riquezas ao iludir o povo de Deus com falsas vitórias.

4.5. Falsos líderes não focam seus ensinamentos na santidade de Deus.

Percebe-se facilmente nesse tipo de cristão a falta do conhecimento bíblico, ignorância sobre os valores do Reino de Deus, o caráter e atributos Divinos, a essência e as razões dos Seus planos para a Sua Igreja na Terra. Isso tudo, digo pelo mínimo!

Essa ignorância faz com que se ensine de um modo errado e liberal sobre Deus e Sua Verdade, para ganhos pessoais. Então, o “Pai” perde os Seus filhos para homens gananciosos! Os ensinamentos desses homens pervertem tanto o evangelismo como o discipulado autêntico.

4.6. Falsos líderes ignoram o verdadeiro evangelismo como o discipulado autêntico.

O evangelismo tem se tornado uma busca frenética por pessoas, a fim de aumentar o número de frequentadores de uma reunião religiosa, pois falsos líderes se preocupam demasiadamente apenas com quantidade. O discipulado autêntico, que deveria levar as pessoas a conhecerem o caráter, os planos de Deus e a se comprometerem com as ordens de Jesus está quase extinto! A verdade é esta:

A Bíblia pouco fala com esses falsos líderes, mas a voz que ouvem vem dos métodos que empregam, para atrair o maior número de pessoas. O povo não tem mais prazer em conhecer os pensamentos de Deus, mas quer ouvir promessas e palavras de uma vida bem sucedida neste mundo!

O único compromisso que as pessoas aprendem a ter em nossos dias é este: o de frequentar determinadas reuniões de uma igreja, para receber bênçãos terrenas! Se elas ouvirem coisas mais fortes, que mexam com o íntimo e a moral, abandonam aquele lugar e vão procurar os “produtores de bênçãos”! Isso se dá pelo desespero e pela falta de fé em Deus, pois não confiam na Sua Palavra, mas como elas poderiam se a Bíblia não lhes é ensinada? (ver Mt.6:25-34)

5. Que nós atentemos ao conselho de Paulo – Romanos 12:1,2.

Não é à toa que Paulo nos dá o seguinte conselho:

icon_biblia 1 Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. 2 Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Rm.12:1,2 NTLH)

Que nós tomemos cuidado para não usarmos o espiritual, a fim de alcançarmos o material. Não quero dizer com isso que devemos deixar de orar sobre nossas necessidades a Deus, mas que fiquemos contentes com o Seu “sim” ou com o Seu “não”!

Que nós não transformemos a Igreja, que foi formada pelo sacrifício de Cristo e que deve ser Dele e para Ele, em um “covil de salteadores”! (cf. Mt.21:12,13; Mc.11:15-19; Lc.19:45,46)

Que Deus nos ajude a fugirmos do erro e da doutrina de Balaão. Que nós permaneçamos em Cristo e no Seu Evangelho, para a glória do nosso Bom Senhor e Pai!