Prepare-se para a volta de Jesus! - Parte 12: Vivendo para agradar a Deus (3)

1 Tessalonicenses 4:1-3

Texto Bíblico:

& 1 "Finalmente, irmãos, vocês aprenderam de nós como devem viver para agradar a Deus; e é assim mesmo que vocês têm vivido. E agora pedimos e aconselhamos, em nome do Senhor Jesus, que façam ainda mais." 2 Pois vocês conhecem os ensinamentos que demos pela autoridade do Senhor Jesus. 3 O que Deus quer de vocês é isto: que sejam completamente dedicados a ele e que fiquem livres da imoralidade. (1 Ts.4:1-3 NTLH)

Na semana passada e retrasada nós meditamos sobre a importância de vivermos para agradar a Deus. Então, o apóstolo Paulo pediu e aconselhou que eles “fizessem ainda mais”, ou seja, que vivessem de modo transbordante ou abundante (v.1).

Eu gostaria de dar sequência com você sobre o nosso tema neste trecho das Escrituras, porém, falando do fim para o começo. Então, vamos ao final do verso 3. Qual é a proposta divina pronunciada pelo apóstolo Paulo? Que fiquemos longe, que nos abstenhamos ou que nos guardemos da imoralidade. A palavra “imoralidade” no grego é “porneia” e o sentido da mesma é “relação sexual ilícita”.

O mundo atual tem forçado as pessoas e, principalmente os jovens, a aceitarem todo tipo de imoralidade e nós precisamos entender que esse tipo de pensamento é uma afronta à pureza ou à santidade de Deus. Saiba que quando fazemos uma escolha, nós transformamos o nosso ser em algo que não éramos instantes atrás.

Quando você opta por Deus e pelo Seu Evangelho que veio por meio Cristo, uma transformação ocorre em todo o seu ser e, de acordo com o apóstolo Paulo, você se torna uma nova criatura (cf. 2 Co.5:17). Você não é mais quem era e, portanto, você se torna um filho de Deus legítimo por causa da sua escolha por Jesus.

Quando a sua opção é pela imoralidade, a qual é oferecida pelo sistema de vida que se opõe ao conhecimento de Deus e à Verdade, você se torna “mundano”! Tiago, o meio irmão de Jesus, disse o seguinte:

& Gente infiel! [infiéis a Deus, incrédulos] Será que vocês não sabem que ser amigo do mundo é ser inimigo de Deus? Quem quiser ser amigo do [associa ao] mundo se torna inimigo [hostil a, luta contra] de Deus. (Tg.4:4 NTLH)

Diante disso, que atitude você deve tomar?

1. Cuidado com a imoralidade, pois a sua escolha por ela o colocará sob a ira divina. (v.3)

O prisioneiro da imoralidade é todo aquele que a serve, que se submete a ela, a fim de satisfazer os prazeres dos seus desejos mais baixos. Todo aquele que se torna imoral é porque desprezou a vida espiritual que só é dada por Deus, deixou de crescer no conhecimento SENHOR e preferiu satisfazer os seus próprios desejos carnais. Portanto, esse tipo de gente se coloca sob a ira ou desprezo divino.

Vamos ler Romanos 1:18-32:

& 18 Do céu Deus revela [torna conhecido] a sua ira [indignação, desprezo] contra todos os pecados e todas as maldades das pessoas que, por meio das suas más ações, não deixam [procuram impedir o tempo todo] que os outros conheçam a verdade a respeito de Deus. 19 Deus castiga essas pessoas porque o que se pode conhecer a respeito de Deus está bem claro para elas, pois foi o próprio Deus que lhes mostrou isso. 20 Desde que Deus criou o mundo, as suas qualidades invisíveis, isto é, o seu poder eterno e a sua natureza divina, têm sido vistas claramente. Os seres humanos podem ver tudo isso nas coisas que Deus tem feito e, portanto, eles não têm desculpa nenhuma. 21 Eles sabem quem Deus é, mas não lhe dão a glória que ele merece e não lhe são agradecidos. Pelo contrário, os seus pensamentos se tornaram tolos [fúteis], e a sua mente vazia está coberta de escuridão [ignorância divina]. 22 Eles dizem que são sábios [hábeis, espertos, mestres], mas são tolos [sem sabor – veja Mt.5:13]. 23 Em vez de adorarem ao Deus imortal, adoram ídolos que se parecem com seres humanos, ou com pássaros, ou com animais de quatro patas, ou com animais que se arrastam pelo chão. 24 Por isso Deus entregou os seres humanos aos desejos do coração deles para fazerem coisas sujas e para terem relações vergonhosas uns com os outros. 25 Eles trocam a verdade sobre Deus pela mentira e adoram e servem as coisas que Deus criou, em vez de adorarem e servirem o próprio Criador, que deve ser louvado para sempre. Amém! 26 Por causa das coisas que essas pessoas fazem, Deus as entregou a paixões vergonhosas. Pois até as mulheres trocam as relações naturais pelas que são contra a natureza. 27 E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens têm relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmos o castigo que merecem por causa dos seus erros. 28 E, como não querem saber do verdadeiro conhecimento a respeito de Deus, ele entregou os seres humanos aos seus maus pensamentos, de modo que eles fazem o que não devem. 29 Estão cheios de todo tipo de perversidade, maldade, ganância, vícios, ciúmes, crimes de morte, brigas, mentiras e malícia. Caluniam 30 e falam mal uns dos outros. Têm ódio de Deus e são atrevidos, orgulhosos e vaidosos. Inventam maneiras de fazer o mal, desobedecem aos pais, 31 são imorais, não cumprem a palavra, não têm amor por ninguém e não têm pena dos outros. 32 Eles sabem que o mandamento de Deus diz que aqueles que fazem essas coisas merecem a morte. Mas mesmo assim continuam a fazê-las e, pior ainda, aprovam os que fazem as mesmas coisas que eles fazem. (Rm.1:18-32 NTLH)

Por que viver sob o desprezo divino? Por que apostar na ideia que Deus não rejeitará aquele que O despreza? Deus, por questão de justiça, não aceitará aquele que luta contra Ele, que é inimigo Dele!

Continuaremos na próxima semana, se Deus permitir.

Que Deus nos abençoe!

ImprimirEmail