Deus valoriza a sua determinação!

FAÇA DOWNLOAD:

mp3

Filipenses 3:12-14

Texto Bíblico:

&  12 Não estou querendo dizer que já consegui tudo o que quero ou que já fiquei perfeito, mas continuo a correr para conquistar o prêmio, pois para isso já fui conquistado por Cristo Jesus. 13 É claro, irmãos, que eu não penso que já consegui isso. Porém uma coisa eu faço: esqueço aquilo que fica para trás e avanço para o que está na minha frente. 14 Corro direto para a linha de chegada a fim de conseguir o prêmio da vitória. Esse prêmio é a nova vida para a qual Deus me chamou por meio de Cristo Jesus. (Filipenses 3:12-14 NTLH)

Já estamos em 2018 e a nossa corrida da fé continua! Entretanto, nós não devemos entender esse esforço como estar dentro de uma igreja local, ou a prática de “rituais cristãos”. A perfeição do cristão não consiste nessas coisas, mas no desejo de morrer para si mesmo, ou seja, na atitude de “carregar a sua cruz”.

1. Seja determinado para conquistar o que Jesus lhe prometeu. (v.12,13)

O termo “perfeito”, usado por Paulo no verso 12, não tem no texto o sentido de alguém que já está completo ou que já alcançou a meta. O apóstolo salienta o seu “esforço determinado” (continuo a correr) de alguém que se sente incomodado e preocupado, a fim de alcançar a linha de chegada. A sua determinação é continuar correndo, até “conquistar” ou tomar posse daquilo que Jesus lhe prometeu, ao ser conquistado pelo próprio Senhor.

Então, a conquista da Vida Eterna depende da nossa perseverança ou determinação.

O apóstolo Paulo ilustra a vida cristã a uma corrida e observa três atitudes que um corredor fiel a Deus deve ter: (1) esquecer o passado, (2) avançar para o que está à sua frente e (3) não tirar o seu olhar de Cristo Jesus.

2. Esqueça as coisas do passado. (v.13)

Esquecer-se do passado não significa um esforço mental para não se apegar às falhas e erros cometidos, mas também das coisas que foram conquistadas, tanto pelo esforço próprio como pela graça de Deus. Paulo aconselha a vivermos no tempo presente.

Tudo o que você conquistou no passado não o torna uma pessoa espiritual e moralmente sadia, se no presente tanto sua mente e o seu coração estão desalinhados de Deus. É necessário concentração, disciplina e esforço.

Então, não tente “descansar” pelo que foi ou fez no passado, mas observe atentamente se você está verdadeiramente determinado, no presente, a demonstrar a mesma paixão ou prazer por Deus como em tempos anteriores. Lembre-se que a sua resolução pessoal no presente é que o motivará para o futuro.

Cuidado com as artimanhas de Satanás e seus demônios, pois eles sempre tentarão envolvê-lo nas sombras do passado, a fim de tirar o seu foco do presente e do futuro.

3. Avance para o que está à sua frente. (v.13)

O sentido das palavras de Paulo é “esticar com força ou distender”. Essa atitude se refere também a um esforço pessoal, a fim de atingir uma meta. Então, esse esforço provoca cansaço, dores e um sentimento de desânimo. Porém, para que se chegue à meta é necessário perseverança e domínio, tanto dos pensamentos como das emoções. Isso é próprio de quem não quer desistir.

A luta de Gabriela Andersen

Em 5 de agosto de 1984, a uma temperatura de 30 graus Celsius, Gabriela Andersen, uma corredora suíça, entrou para a história e se converteu em sinônimo de determinação e perseverança.

Já cansada e tomada pelas dores e cãibras, mal conseguia ficar em pé. O público se levantou ao notar o esforço titânico, e muitos foram às lágrimas, enquanto juntos gritavam para empurrar a atleta que já tinha paralisado a metade de seu corpo! Foi uma cena inesquecível!

Ela recusou toda a ajuda dos organizadores daquela prova, pois sabia que se recebesse qualquer assistência, seria desqualificada. Foram os minutos mais comoventes da história da maratona, enquanto os paramédicos a seguiam pela margem da pista. Gabriela tinha um objetivo, e nem as dores e o cansaço a fariam desistir. Cruzar a linha de chegada era o seu sonho, o seu ideal e, ao fazer isso, desabou! Os juízes a estavam esperando para carregá-la e lhe dar todos os cuidados.

O testemunho da sua perseverança em Cristo prova aos que estão próximo de você, que a sua fé é real e verdadeira. Muitas pessoas poderão ser tocadas pela sua determinação a Cristo e à Palavra de Deus.

4. Não tire o seu olhar de Jesus Cristo e da vida que Ele lhe dará. (v.14)

O apóstolo Paulo “se apoia” ao prêmio que irá receber no final da sua corrida, ou seja, a nova vida em Cristo Jesus para a qual ele foi chamado. Ele permanece animado e determinado na sua corrida, porque adquiriu a consciência de que Jesus é o Senhor da sua vida.

Ele está convicto de que recebeu um chamado do Alto, para ser fiel e dedicado a Deus na missão que recebeu. Ao longo da sua corrida, ele tira o olhar do passado, se adéqua ou se ajusta ao presente e se esforça para chegar à meta, a qual lhe foi dada pelo seu Senhor Jesus – o Dono do seu coração!

Mesmo cansado e tropeçando às vezes, não desista! Continue firme e determinado para alcançar o prêmio da sua soberana vocação de Deus, em Cristo Jesus! As lutas são grandes e incessantes e elas também foram para o nosso irmão apóstolo Paulo.

O seu testemunho final me impressiona, pois essa deve ser a verdadeira declaração de vitória de todo verdadeiro cristão, no final da sua carreira:

& 6 Quanto a mim, a hora já chegou de eu ser sacrificado, e já é tempo de deixar esta vida. 7 Fiz o melhor que pude na corrida, cheguei até o fim, conservei a fé. (2 Tm.4:6,7 NTLH)

O mesmo Paulo nos faz um alerta:

& Vocês sabem que numa corrida, embora todos os corredores tomem parte, somente um ganha o prêmio. Portanto, corram de tal maneira que ganhem o prêmio. (1 Co.9:24 NTLH)

Que Deus nos abençoe!

ImprimirEmail