Não temamos as adversidades!

FAÇA DOWNLOAD:

mp3

Josué 1:1-9

Texto Bíblico:

& 1 Depois que Moisés, servo do SENHOR, morreu, Deus disse ao ajudante de Moisés, chamado Josué, filho de Num: 2 - O meu servo Moisés está morto. Agora você e todo o povo de Israel se preparem para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que vou dar a vocês. 3 Como disse a Moisés, eu lhes darei toda a terra que pisarem. 4 Os limites dessa terra serão os seguintes: ao sul, o deserto; e, ao norte, os montes Líbanos; a leste, o grande rio Eufrates e toda a terra dos heteus; e, a oeste, o mar Mediterrâneo. 5 Você nunca será derrotado. Eu estarei com você como estive com Moisés. Nunca o abandonarei. 6 Seja forte e corajoso porque você vai comandar este povo quando eles tomarem posse da terra que prometi aos antepassados deles. 7 Seja forte e muito corajoso. Tome cuidado e viva de acordo com toda a Lei que o meu servo Moisés lhe deu. Não se desvie dela em nada e você terá sucesso em qualquer lugar para onde for. 8 Fale sempre do que está escrito no Livro da Lei. Estude esse livro dia e noite e se esforce para viver de acordo com tudo o que está escrito nele. Se fizer isso, tudo lhe correrá bem, e você terá sucesso. 9 Lembre da minha ordem: “Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for! (Josué 1:1-9 NTLH)

Nós estamos nos aproximando de mais um final de ano e não há como negar que vivemos em um mundo cheio de pecados, desalinhado com Deus. Por causa disso, nós estamos vendo um aumento sensível da maldade humana. Há aqueles que pregam que por causa da fé em Cristo, o mundo pode mudar. Entretanto, isso não é verdade, de acordo com as Escrituras Sagradas.

Em razão dessa verdade, o sofrimento vai se intensificando e grandes dificuldades se abatem sobre aqueles que verdadeiramente amam a Deus e que se esforçam para viver de acordo com os Seus valores e princípios da Sua Verdade.

Porém, dentro de cada um de nós, há um desejo natural de fugirmos das adversidades. A tendência humana busca todo o recurso possível para evitá-las, procurando impedir todo e qualquer instrumento que cause alguma dor. Entretanto, em determinados momentos, a tentativa de fugirmos das adversidades pode fazer com que percamos grandes bênçãos da parte de Deus.

A Bíblia nos dá muitos exemplos de pessoas que enfrentaram grandes adversidades e que mais tarde descobriram sobre como Deus as usou para abençoar suas vidas. Depois de terem passado por vales sombrios, essas mesmas pessoas declararam que o sofrimento lhes foi de grande valia, devido aos resultados finais como aperfeiçoamento de caráter e um conhecimento maior de Deus.

Por que nós deveríamos ser diferentes desses homens? Em vez de acreditarmos em declarações fantasiosas, de que o Criador não permite que os Seus escolhidos sofram, por que não aprendemos com eles?

1. Todos os homens de Deus sofreram, e no sofrimento, não deixaram de amar e servir a Deus. Que nós aprendamos com eles!

  • José.Ele sofreu com a traição de seus irmãos, se tornou escravo no Egito e veio ocupar o mais alto posto na terra do Faraó.
  • Moisés.Foi fugitivo no deserto, antes que Deus o chamasse para guiar o Seu povo.
  • Ele passou muitos anos fugindo de Saul, antes de se tornar o Rei de Israel.
  • Ela foi uma judia exilada, até que Deus a elevou como rainha da Pérsia e a usou para salvar o Seu povo.
  • Foi escravo na Babilônia, porém, por ser antes escravo de Deus e agir conforme a Sua vontade, foi promovido pelo rei a uma alta posição no governo.
  • Os discípulos de Jesus.Eles foram perseguidos e muitos deles martirizados. Porém, Deus usou suas vidas para que o Evangelho de Cristo se propagasse em todo o Império Romano.

Eles não desistiram, não abandonaram a vida de fidelidade, mesmo diante do pavor do martírio nas arenas romanas. Eles glorificavam a Deus diante dos olhares dos seus opressores e foram uma bênção para o povo do Senhor.

2. Em vez de amargurar-se, procure glorificar a Deus e confiar na Sua providência.

Diante das lutas ou tribulações que a vida nos impõe, nós podemos demonstrar confiança na providência Divina ou amargura e incredulidade. Além do mais, quando Deus não atende às nossas expectativas, a nossa reação pode se manifestar de vários modos. Vejamos:

2.1. Considere: cuidado com a amargura, pois ela poderá levá-lo a:

  • Duvidar da existência do Senhor. - Nada de mal teria acontecido se Deus existisse!
  • Culpar a Deus. - Se Deus é amor, Ele não poderia ter evitado a adversidade?
  • Abandonar a fé em Cristo. - Por que eu deveria ter fé em Cristo se nada de grande acontece comigo? Então, procurarei soluções em alguma outra coisa! Já me disseram que todo caminho leva a Deus mesmo! Vou voltar a ser o que eu era, e ponto final!
  • Rejeitar a Bíblia. - Por que Deus não cumpre as Suas promessas na minha vida?
  • Cultivar o veneno da amargura. - Desde que vim para a igreja, eu e mais pessoas só sofremos! Para que ter fé?
  • Afastar-se dos planos de Deus. Se Deus quer eu entenda os Seus planos, por que Ele não me abençoa primeiro? Não seria mais fácil?

2.2. Desenvolva uma vida de comunhão com Deus, pois essa atitude poderá lhe proporcionar o seguinte:

  • Uma vida de fé ou fidelidade mais firme.Que eu confie na fidelidade de Deus, ainda que eu ande por vales sombrios, pois sei que Ele sempre estará comigo nas adversidades, a fim de me dar direção e orientações.
  • Uma vida que demonstra perseverança.Se Deus está permitindo que eu passe por essa situação, eu sei também que Ele me dará a força necessária para suportar esse momento. Portanto, que eu saiba compreender as razões do Senhor em tudo isso e esperar com paciência Nele!
  • Uma vida de grande coragem.Eu sei que Deus quer abençoar não somente a minha vida e, através de mim, Ele deseja abençoar outras pessoas. Portanto, ao confiar em Deus, que eu seja corajoso, que eu não desanime, pois no final não só eu, mas muitas outras pessoas verão a Sua mão forte sobre a minha vida e conhecerão o caminho para serem também abençoadas por Ele.
  • Uma vida de pureza crescente.Que eu examine a minha vida a fundo, em meio às dores que estou enfrentando. Que eu reconheça os meus erros, pecados e, ao descobri-los com a ajuda do Espírito Santo e da Palavra de Deus, que eu me arrependa sinceramente diante do Pai. Que eu não viva de acordo com os meus desejos, mas segundo a vontade do Todo-Poderoso e que eu demonstre diante das adversidades uma vida dedicada e comprometida com a Sua Verdade e valores. Que eu viva segundo o novo caráter que Ele me deu em Cristo, meu Senhor e Salvador!
  • Uma vida de amor profundo pela Palavra de Deus.Eu estou sofrendo muito, mas eu decido ler e estudar mais a Palavra de Deus, a fim de que eu possa conhecer cada vez mais o coração do Pai e perguntar-Lhe acerca do que Ele deseja me ensinar. É por meio da Bíblia que Deus me ensina, anima, guia, fortalece a minha alma e me corrige. Portanto, que eu enfrente essa situação com um coração submisso a Deus, pela força que a Verdade me dá!

3. Siga sempre as orientações de Deus, pois Ele é a Sua segurança! (v.9)

& Lembre da minha ordem: “Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for! (Josué 1:9 NTLH)

Josué está assumindo o posto de Moisés, ou seja, ele é o líder escolhido por Deus, a fim de conquistar a Terra Prometida. Ele teria que conduzir a segunda geração do povo que saiu do Egito, onde era escravo, para entrar na terra de Canaã e conquistá-la.

Pelo modo como Deus fala com Josué, não é difícil de perceber que Ele se sentia inseguro, afinal, substituir a Moisés não era uma tarefa fácil. Ele estava assumindo o posto do maior líder que Israel conheceu!

Deus pede a Josué que tenha quatro atitudes e no final lhe faz uma promessa:

  • Lembre-se da minha ordem.
  • Seja forte e corajoso.
  • Não fique desanimado.
  • Nem tenha medo.
  • Eu, o SENHOR, Seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for!

Além do mais, o texto nos diz o que tanto Josué como nós devemos lembrar:

  • Prepare-se para entrar na terra que Deus dá. (v.2)
  • Respeite os limites que Deus estabelece. (vs.3,4)
  • Seja obediente e você não será derrotado nem abandonado por Deus. (v.5)
  • Seja comprometido com a Palavra de Deus e você será bem-sucedido. (vs.6-8)

Deus lhe deu todos esses conselhos porque Josué teria que conduzir um povo teimoso e incrédulo. Além do mais, teria que enfrentar inimigos ferozes, bem armados, e somente com as orientações de Deus é que tanto ele como o povo sairiam vencedores.

A luta que Josué teria com um povo teimoso e incrédulo, também pode ser comparada à luta que travamos contra nós mesmos em nosso íntimo.

  • A luta incessante entre a crença e a descrença. É a luta do Espírito de Deus contra os nossos desejos e temores pessoais.
  • A luta contra os inimigos, os quais estão entrincheirados dentro da nossa alma.
  • A luta entre a escolha da vontade de Deus e dos nossos interesses pessoais.
  • A luta contra o orgulho, a fim de dependermos de Jesus, pois sem Ele, não somos fortes para lidarmos com esses conflitos interiores.

Esta é a última semana de 2017 e não sabemos o que virá pela frente. Porém, se nós vivemos para Deus em Cristo Jesus, que vivamos para a Sua alegria! Confiemos na Sua providência, pois nada pode nos separar do Seu amor, o qual nos foi revelado por Jesus, o nosso Senhor e Salvador.

A minha esperança é que nós nos fortaleçamos cada vez mais na fé que temos em Deus e no serviço espiritual que Dele recebemos, por meio de Cristo. Sendo perseverantes, nós animaremos muitos dos que estão caídos e seremos recompensados com a Vida Eterna, a qual Ele nos preparou em Cristo Jesus.

Que Deus nos abençoe!

ImprimirEmail