A fé é mais do que acreditar - Parte 11: A fé de Abel (2) - A fé aprovada por Deus

FAÇA DOWNLOAD:

mp3

Hebreus 11:4

Texto Bíblico:

& Foi pela fé que Abel ofereceu a Deus um sacrifício melhor do que o de Caim. Pela fé ele conseguiu a aprovação de Deus como homem correto, tendo o próprio Deus aprovado as suas ofertas. Por meio da sua fé, Abel, mesmo depois de morto, ainda fala. (Hb.11:4 NTLH)

Muito se fala sobre a fé nos dias atuais, porém, nós precisamos avaliar se o que aprendemos sobre esse assunto corresponde fielmente ao que a Bíblia diz sobre essa matéria, a fim de não absorvermos um ensino falso e que não venhamos a distorcer as Escrituras e o próprio caráter de Deus.

O capítulo 11 do livro de Hebreus é uma galeria dos homens e mulheres que expressaram a fé genuína, ou seja, a fé bíblica. O primeiro exemplo de uma fé que agrada a Deus é a de Abel. Portanto, o seu exemplo de fé deve ser seguido e praticado por todos os cristãos verdadeiros.

Abel não aparece em primeiro lugar na lista dos homens de fé em Hebreus 11, simplesmente por conta de ordem cronológica. Este capítulo da Bíblia trata sobre as bases da verdadeira fé bíblica, de como ela se desenvolve. Então, se nós queremos aprender sobre esse assunto tão importante, precisamos estudar todo o capítulo e aprendermos com os valentes de Deus, os quais estão listados nesse texto bíblico.

A fé de Abel foi aprovada por Deus e, então, se nós desejamos ser aprovados e abençoados verdadeiramente por Ele, devemos seguir o seu exemplo.

1. Mantenha sempre na mente a definição da fé bíblica e a essência dos seus objetivos.

Antes de tudo, recordemos que a fé é um dom Divino que traz à nossa mente o ensino, a compreensão sobre a forte confiança que devemos ter em Deus, e a esperança de que a nossa salvação se completará na eternidade em Cristo, quando estaremos “livres da presença” do poder de todo o mal. Enquanto isso, aqui na Terra, na presença do poder do mal, a fé nos capacita a viver de acordo com a Palavra de Deus, a fim de perseverarmos em comunhão com Deus e Sua Palavra, para alcançarmos a eternidade.

2. Você nunca terá fé sem a instrução bíblica.

Como obtermos a fé que vem de Deus? O apóstolo Paulo nos diz o seguinte:

& Portanto, a fé vem por ouvir [pela instrução oral da Palavra de Deus] a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação [instrução oral da Palavra de Deus] a respeito de Cristo. (Rm.10:17 NTLH)

A fé não vem por meio de crenças várias, pela prática de penitências, esforço mental, moralismo e religiosidade. Ela vem de Deus, por meio do ensino da Sua Palavra, a fim de que haja uma verdadeira transformação mental, espiritual, e depois comportamental.

3. Permita que Deus mude primeiramente a sua maneira de pensar.

Infelizmente, nós nos habituamos a inverter essa ordem, pois impomos que as pessoas mudem o seu comportamento moral, espiritual, e depois tentamos explicar a razão dessa transformação. Entenda que esse meio é um método humano e não Divino, pois a transformação, segundo a Palavra de Deus, se processa de dentro para fora e não de fora para dentro.

O apóstolo Paulo nos ensina o seguinte:

& Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Rm.12:2 NTLH)

4. Você acredita em um único Deus? Isso é muito bom! Então, viva para Ele com profundo respeito.

A fé que Abel expressava transcendia a atitude de acreditar em um único Deus. O livro de Tiago diz o seguinte:

& Você crê que há somente um Deus? Ótimo! Os demônios também crêem e tremem de medo. (Tg.2:19 NTLH)

Em outras palavras: “Você sustenta a ideia que acreditar em Deus é o suficiente? Crer em um único Deus é muito bom e verdadeiro! Porém, lembre-se que os seres demoníacos assim também creem, e com tanta convicção que até tremem de pânico!

Então, todo aquele que diz que crê em Deus ou que expressa fé Nele, precisa respeitá-Lo como Deus e SENHOR (Dono, Proprietário) da sua vida, amá-Lo, guardar no coração o que Ele lhe fala, confiar Nele e obedecê-Lo.

5. Rejeite a cultura modernista, pois ela visa os interesses pessoais, em vez de agradar a Deus.

Na última vez que meditamos sobre este assunto, nós falamos sobre as razões de Deus ter aceitado a oferta de Abel e rejeitado a de Caim. Porém, nós precisamos observar que ambos receberam a mesma instrução de seus pais sobre a fé que agradava a Deus. Portanto, eles deveriam seguir a instrução oral de seus pais (Adão e Eva), a fim de oferecerem um culto aceitável ao Criador.

A ausência desse princípio apresentado revela o quanto o ser humano está afastado de Deus. Os demônios creem em Deus, eles tremem diante Dele, mas O odeiam e não O obedecem. Quem vive desse modo, vive pelo princípio de uma fé demoníaca e, naturalmente, não pode agradar a Deus.

A fé de Caim buscava de Deus algum elogio, reconhecimento ou benefício pessoal, enquanto a de Abel exaltava tanto o Criador como os Seus propósitos e caráter. A fé de Abel tanto revelava como trazia a este mundo os benefícios e os propósitos Divinos.

Abel ouviu os ensinamentos de seus pais, entendeu, guardou-os no coração, obedeceu e ofereceu um culto conforme fora estabelecido por Deus. Leia Gênesis 4:4:

& Abel, por sua vez, pegou o primeiro carneirinho nascido no seu rebanho, matou-o e ofereceu as melhores partes ao SENHOR. O SENHOR ficou contente com Abel e com a sua oferta. (Gn.4:4 NTLH)

Este verso nos revela três coisas acerca da fé de Abel:

  1. A condição espiritual e moral de Abel. Ele se considerava um pecador e buscava a aceitação Divina.
  2. A mensagem profética que se cumpriria em Cristo, na cruz do Calvário, em Jerusalém.
  3. O melhor deveria ser oferecido a Deus, a fim de que Ele aprove tanto a oferta como o ofertante.

Não pense que Abel era um homem perfeito e sem pecados, pois segundo as Escrituras, todos os homens são pecadores e vivem longe da glória de Deus. (cf. Rm.3:23) Portanto, o único meio de se achegar ao Pai é por meio do “Cordeiro de Deus” (Jesus), que tira os pecados do mundo. (cf. Jo.1:29; At.8:32; 1 Pe.1:19; Jo.14:6) Abel era humilde e reconhecia a necessidade de ser aceito por Deus, por meio do sacrifício de “um substituto inocente” no lugar do culpado.

Abel, mesmo sendo temente a Deus, “matou” o carneirinho, o primeiro cordeiro nascido do seu rebanho. A mensagem profética é que Jesus seria morto tanto pelo Seu próprio povo escolhido (judeus) como pelos gentios (os não judeus), o que ocorreu em Jerusalém. (cf. At.4:27,28) Desse modo, toda a humanidade estaria envolvida na morte do “Cordeiro de Deus”, revelando o seu ódio e desprezo pela Verdade Divina.

Abel não ofereceu as piores partes da sua oferta a Deus, mas as melhores! Sobre isso, eu pretendo compartilhar com você na próxima semana, se Deus permitir.

6. Sirva sempre a Deus do modo como Ele estabeleceu. Não invente outro jeito de adorá-Lo.

Abel é o exemplo daquele que tem uma fé que agrada a Deus, pois O serve da maneira como Ele estabeleceu. O mundo muda, mas a fé não! A verdadeira fé não segue os modismos mundanos, que querem instituir uma “igreja diferente”, a qual tenta satisfazer “o gosto do freguês”!

A verdadeira fé faz com que você guarde a Palavra de Deus no coração. (cf. Sl.119:10-12) Aqueles que ignoram a Palavra de Deus, não amam o Senhor e, fatalmente, revelarão uma fé que se desenvolve por princípios mundanos, carnais e demoníacos.

Abel ouviu os ensinamentos de seus pais, entendeu, creu, os guardou no coração e obedeceu. Caim, por sua vez, também ouviu os mesmos ensinamentos, entendeu, mas não creu. Ele não os guardou no coração e não os obedeceu. Caim foi aquele que proporcionou o início de uma fé falsa, ou seja, a fé que tenta adorar e servir a Deus do jeito humano.

Hoje em dia, eu encontro muitas pessoas, que por estarem decepcionadas com certas “igrejas”, dizem que passaram a adorar a Deus em casa, declarando assim, que não precisam se reunir com outros irmãos, pois há inúmeras pregações de bons pregadores que postam seus vídeos no Youtube e nas redes sociais.

No entanto, eles erram no que fazem, pois negligenciam o que Deus ensina. Leia Hebreus 10:25:

& Não abandonemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros e ainda mais agora que vocês vêem que o dia está chegando. (Hb.10:25 NTLH)

Se você deseja ser um cristão verdadeiro ou continuar firme no caminho dos princípios e da Verdade Divina, a fim de ter uma vida aprovada e abençoada por Deus, esforce-se para sempre se reunir com a sua família espiritual para ouvir a mensagem do Evangelho de Cristo. Peça ao Espírito Santo que o ajude a crer e a entendê-la. Guarde-a no seu coração e se empenhe em obedecer Aquele que pode lhe dar uma vida vitoriosa neste mundo e conduzi-lo à eternidade.

Continuaremos na próxima semana, falando sobre a fé de Abel, se Deus quiser!

Que Deus nos abençoe!

ImprimirEmail