A fé é mais do que acreditar - Parte 5: Firmes sobre a fé verdadeira

FAÇA DOWNLOAD:

mp3

1 Coríntios 16:13

Texto Bíblico:

& Estejam alertas, fiquem firmes na fé, sejam corajosos, sejam fortes. 14 Que tudo o que vocês fizerem seja feito com amor [boa vontade, benevolência, atitudes elevadas indicadas por Deus]. (1 Co. 16:13 NTLH)

Durante quatro semanas nós temos meditado sobre a importância da fé, especialmente, em nossos dias, pois ela tem sido descaracterizada do seu verdadeiro sentido, essência e propósitos divinos. Além do mais, nós cremos que estamos muito próximos da volta de Jesus, quando Ele virá para buscar a Sua Igreja. Por esta razão, precisamos nos fortalecer na fé verdadeiramente bíblica.

Jesus disse que dificilmente encontrará a verdadeira fé, por volta da Sua segunda vinda. A fé em nossos dias não está sendo construída e desenvolvida sobre o amor, mas sobre os interesses pessoais. Muitos falsos pregadores ou profetas estão pregando uma fé falsa e cheia de modismos.

Entretanto, nós precisamos começar a definir a fé bíblica de maneira mais clara, ou seja, sobre como ela é ensinada nas Escrituras Sagradas – a Bíblia.

Primeiro, nós meditaremos sobre o que a fé bíblica não é:

1. Cuidado! Não apoie a sua fé sobre os seus sentimentos ou emoções.

Ela não é uma emoção ou um sentimento. Muitos, ao ouvirem um ensinamento sobre a fé, demonstram uma emoção agradável, extasiante, arrebatadora, e pensam serem possuidores dela. A fé produz emoções? Sim, mas não construa a sua fé sobre as suas emoções, pois elas oscilam, cegam os seus “olhos espirituais” e tendem a conduzi-lo para longe do poder Divino e dos princípios e verdades da Palavra de Deus.

& 5 Outra parte das sementes caiu num lugar onde havia muitas pedras e pouca terra. As sementes brotaram logo porque a terra não era funda. 6 Mas, quando o sol apareceu, queimou as plantas, e elas secaram porque não tinham raízes. [a seguir, a explicação de Jesus] 16 "Outras pessoas são como as sementes que foram semeadas onde havia muitas pedras. Quando ouvem a mensagem (o Evangelho, as verdades ou a mensagem de Deus), elas a aceitam logo com alegria;" 17 mas depois de pouco tempo essas pessoas abandonam a mensagem porque ela não criou raízes nelas. E, quando por causa da mensagem chegam os sofrimentos e as perseguições, elas logo abandonam a sua fé. (Mc. 4:5,6,16,17 NTLH)

2. Cuidado! Não apoie a sua fé sobre expectativas pessoais.

A fé bíblica não é ter esperança. Muitos aprendem que, ao cumprirem determinadas regras, métodos, ou se seguirem determinados passos ou roteiros pré-estabelecidos pelos líderes e professores da religião, sem dúvida, serão abençoados por Deus. A fé produz esperança? Sim, mas não construa a sua fé sobre os seus desejos ou expectativas pessoais, pois você pode se afastar dos planos de Deus para a sua vida e perder a verdadeira formação cristã.

& 23 Alguns dizem assim: “Podemos fazer tudo o que queremos.” Sim, mas nem tudo é bom. “Podemos fazer tudo o que queremos”, mas nem tudo é útil. 24 Ninguém deve buscar os seus próprios interesses e sim os interesses dos outros. (1 Co. 10:23,24 NTLH)

Em outras palavras:

Vocês podem dizer: Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente. Tudo me é permitido, mas nem tudo é bom para a minha formação. Então, não procurem unicamente as suas próprias conveniências. Pensem também no que é o melhor para os outros, ou seja, naquilo que lhes é útil e que lhes trará edificação espiritual e moral, por meio da prática do Evangelho de Jesus.

Jesus disse:

& "Pois quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa e por causa do evangelho terá a vida verdadeira." (Mc. 8:35 NTLH)

O apóstolo João declarou o seguinte:

& Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos alguma coisa de acordo com a sua vontade, temos a certeza de que ele nos ouve. (1 Jo. 5:14 NTLH)

3. Cuidado! Não apoie a sua fé sobre convicções mentais.

A fé bíblica não é uma compreensão mental. Muitos, quando ouvem a Verdade Divina, a entendem, concordam com ela e a aceitam como verdade em suas mentes. A fé produz traz à mente uma compreensão ou convicção mental? Sim, mas não construa a sua fé somente sobre o que você entendeu, pois Deus poderá lhe pedir que tome atitudes que transcendem a lógica humana ou a filosofia de vida deste mundo, e os seus pensamentos se inclinarão para longe dos princípios bíblicos e da Verdade de Deus para a sua vida.

& 5 Confie no SENHOR de todo o coração e não se apóie na sua própria inteligência. 6 Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo. 7 "Não fique pensando que você é sábio; tema o SENHOR e não faça nada que seja errado." (Pv.3:5-7 NTLH)

4. Cuidado! Não apoie a sua fé sobre atitudes simplistas e positivistas.

A fé bíblica não é somente crer e confessar. Muitos, baseados no que vimos acima, dizem que creem e proclamam a outras pessoas sobre Jesus, a Bíblia, Igreja etc. A fé traz crença e exige confissão? Sim, mas não construa a sua fé sobre o simples fato de crer e confessar, pois se estiver recebendo um ensinamento que contrarie as Escrituras Sagradas e crer nele como sendo uma verdade Divina, ao confessá-lo a outras pessoas, você poderá disseminar uma doutrina ou um ensinamento errado a elas e, além do mais, distorcerá o caráter da Pessoa de Deus, da Sua Graça e dos Seus desígnios ou propósitos presentes e eternos.

& Conserve a sua fé e mantenha a sua consciência limpa. Algumas pessoas não têm escutado a sua própria consciência, e isso tem causado a destruição da sua fé. (1 Tm. 1:19 NTLH)

Portanto, a minha esperança é que todos nós não sejamos indolentes ou insensíveis com relação às nossas vidas com Deus, por meio de Jesus Cristo. Que nós nos mantenhamos firmes na fé, ou seja, nos esforcemos para sermos sempre fiéis a Ele com muita valentia, a fim de recebermos toda a força e capacidade Dele. Para tanto, que nós busquemos a direção de Deus, para que pratiquemos a Sua vontade, pois ela O glorifica, e assim, nos tornamos abençoados, a fim de abençoarmos o próximo pela prática do Evangelho de Cristo.

Continuaremos na próxima semana, se Deus nos permitir.

Que Deus nos abençoe!

ImprimirEmail