MENSAGENS DA SEMANA

 DOMINGO:  17/06/2018  mp3
"A fé é mais do que acreditar - Parte 21"
         
 TERÇA - FEIRA :  19/06/2018  mp3    
 "Prepare-se para a volta de Jesus! - Parte 3"

CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO E FAÇA DOWNLOAD.


ARQUIVOS DE MENSAGENS

Domingo
Terça - Feira 

ÚLTIMOS VÍDEOS

  • FAÇA DOWNLOAD: Hebreus 11:8 O propósito das Escrituras Sagradas em nossas vidas: & 16 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso para que o servo de Deus esteja completamente preparado e pronto para fazer todo tipo de boas ações. (2 Tm.3:16,17 NTLH) Vamos passar a meditar sobre a fé de Abraão, cuja vida você poderá ler no livro de Gênesis. (cf. Gn.11:31-19:9) Texto Bíblico: & Foi pela fé que Abraão, ao ser chamado [ouviu uma voz alta de uma ordem dada] por Deus, obedeceu [submeteu] e saiu para uma terra que Deus lhe prometeu dar. Ele deixou [livrou-se do poder de] o seu próprio país, sem saber [sem entender ou estar familiarizado] para onde ia. (Hb.11:8 NTLH) Até este momento, nós temos aprendido que a fé genuína deve ter uma base bíblica, pois ela deve se desenvolver e crescer de modo sadio, para a alegria de Deus. Neste momento, eu julgo necessário que relembremos, em síntese, o que aprendemos sobre: A fé de Abel – seu sacrifício falava ou ensinava às antigas gerações acerca do sacrifício de Cristo, o “Cordeiro de Deus”, que perdoa o pecador e o alinha com Deus. A fé de Enoque – sua vida ensinava às antigas gerações, sobre a importância de elas andarem em comunhão e harmonia com o SENHOR, pois o futuro dos filhos de Deus não está na Terra, mas no “Céu”, na Eternidade ao lado do Criador. O povo de Deus tem um lar eterno. A fé de Noé – em um mundo caracterizado pela incredulidade e maldade generalizada, a sua vida de amor, obediência e comunhão com o SENHOR, ensinou às antigas gerações que a única maneira de não experimentar o juízo divino, que se abaterá sobre os ímpios ou rebeldes aos planos de Deus, seria andar com Deus do modo como ele andou. Então, a fé bíblica tem como base para o seu desenvolvimento o seguinte: A SALVAÇAO EM CRISTO – O sacrifício e a salvação (momentânea e eterna) que vêm de Cristo. A ETERNIDADE COM CRISTO – A “Vida Eterna”, o estilo de vida divino para se viver neste mundo caótico, como o destino final dos que creem em Jesus e na Palavra de Deus. O JUÍZO DIVINO POR MEIO DE CRISTO – A vida de comunhão e obediência a Deus e à Sua Palavra, pois a Terra não escapará do Seu juízo. 1. Inicie a sua vida de fé sobre as bases corretas e confie. A verdadeira fé, a qual é um dom de Deus, para que aprendamos sobre Ele e andemos Nele com confiança. Ela não se desenvolve por meio dos nossos esforços positivistas, a fim de conquistarmos os nossos desejos pessoais, mas sobre o caráter e os planos de Deus. Se a sua fé tiver um início sobre uma base errada, ou seja, sobre os seus desejos pessoais, pouca importância você dará à realidade da “salvação em Cristo”, à “Eternidade” e ao “Juízo divino por meio de Jesus” contra aqueles que desafiam a autoridade e a soberania de Deus. 2. Cuidado com os ensinamentos absurdos sobre a fé. 2.1. Ter fé na sua fé? Que absurdo é isso? O modo como a fé tem sido apresentada em nossos dias é, de certo modo, uma verdadeira aberração, pois induz a pessoa a “ter fé na sua fé”! Explico: Um líder religioso cria uma reunião, para a qual ele procura atrair pessoas com necessidades específicas em alguma área das suas vidas. Então, ele diz que elas devem acreditar que Deus lhes dará todas as soluções, desde que elas sigam os métodos apresentados por ele e comprem determinados “objetos benzidos”, que lhes servirão para proteção pessoal ou instrumentos, pelos quais o poder de Deus as alcançará. Aquele que não conhece o caráter, os planos de Deus e é desesperado, se torna uma presa fácil dessas falsas afirmações, as quais tentam motivá-lo a uma atitude positivista, denominada pelos muitos pregadores atuais como fé. Para eles, ter fé é exercitar um plano positivo, cuja meta é alcançar os objetivos pessoais. Esses falsos pregadores dizem que aqueles que os ouvem têm que exercitar a fé, para conseguirem alcançar os seus sonhos e soluções pessoais, isto é, tudo que acreditam ser o melhor para as suas vidas neste mundo. O que há de errado nesse comportamento? Claramente se percebe que as pessoas não se preocupam com as exigências de Deus, a fim de que tenham, antes de tudo, fé no sacrifício de Cristo para a salvação de suas almas, a eternidade com Cristo como o seu lar final depois dessa vida e na transformação do seu comportamento espiritual e moral, para viverem de acordo com a vontade de Deus, em um mundo que se afasta cada vez mais Dele. O apóstolo Paulo diz: & Não vivam [não se conformem em viver pelos padrões] como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme [provoque uma metamorfose, uma mudança de comportamento mental, uma transfiguração] por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão [reconhecerão como é valiosa] a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom [útil, saudável], perfeito [alcança os objetivos] e agradável [aprovada e aceitável] a ele. (Rm.12:2 NTLH) Por meio de Cristo, você crê em Deus? Então, qual deveria ser o seu maior prazer? Como um cristão verdadeiro, o seu maior prazer nesta vida deveria ser viver para agradar a Deus e não a si mesmo! Por causa disso, você procurará manter uma conduta espiritual e moral aprovada por Ele. Por conseguinte, você não entende a fé como um meio para alcançar os seus desejos pessoais, mas para amar, honrar e servir a Deus, por meio de Cristo, com toda a dedicação da sua alma. Tome muito cuidado com “o princípio de viver pela fé na sua fé”! Aquilo que você está esperando pode não ser a vontade de Deus para a sua vida, e a sua atitude, pode levá-lo a se afastar Dele por completo! 2.2. Ter fé na fé... Verdade ou meia verdade? Porém, há outro ensinamento, o qual lhe diz para “ter fé na fé”. O princípio básico dessa “meia verdade” é que quando Deus fala com você acerca de algo que é útil à sua vida, Ele lhe dá uma “medida de fé”, sobre a qual você deve exercitar a sua fé. A instrução proveniente dessa doutrina diz: “Alcance aquilo que o SENHOR colocou no seu coração, tendo fé na medida de fé que Ele lhe deu, para que conquiste os seus sonhos e as suas necessidades sejam supridas. Então, Deus será exaltado perante as pessoas, por meio do testemunho da sua fé.” Isso é o que muitos estão dizendo hoje em dia como “viver pela fé”. O erro está na atitude de colocar em primeiro lugar os interesses pessoais, em vez do Reino de Deus – aquilo que Deus quer. (cf. Mt.6:33) – como vimos nas palavras acima, do apóstolo Paulo, em Romanos 12:2. 3. Rejeite a ideia de que se você viver para Deus, nunca terá provisões suficientes. A fé de Abraão se destaca pela sua obediência ao seguir os planos de Deus para a sua vida. Ele foi um homem perfeito? Claro que não, mas ele buscou conhecer cada vez mais a Deus, por meio de uma vida de submissão e obediência. Abraão não buscava os seus interesses pessoais, mas os de Deus. Sabemos que Abraão não foi um homem perfeito, porém, ele foi perseverante ao longo da sua vida, vivendo-a intensamente para os propósitos de Deus. Nunca lhe faltou nada, porque o próprio SENHOR era a sua providência no dia a dia. Abraão sabia que Deus estava no controle de todas as coisas e circunstâncias da sua vida. A lógica usada pelos pregadores da atualidade é a de que você deve ir a Deus para conseguir o que deseja, a fim de ser uma pessoa de fé e abençoada. Quando você lê os capítulos que falam de Abraão no livro de Gênesis, jamais lerá que ele pediu coisas terrenas a Deus. Pelo contrário, você lê que ele deu ao seu sobrinho Ló, a oportunidade de escolher a região que mais lhe conviesse, enquanto Abraão, todo o seu pessoal e o seu gado permaneceram em terras mais secas ou áridas. Contudo, ele prosperou! Já o seu sobrinho, em meio a tanta prosperidade, perdeu tudo o que possuía! Jesus disse o seguinte: & O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira? (Mc.8:36 NTLH) 4. Ouça a Deus e não tenha medo de segui-Lo! (Leia Hb.11:8) Um dia, Deus falou com Abraão e lhe deu uma medida de fé, a fim de que ele pudesse crescer na sua experiência com o SENHOR e nos planos que Ele tinha para a sua vida. Vamos examinar o nosso texto base: & Foi pela fé que Abraão, ao ser chamado [ouviu uma voz alta de uma ordem dada] por Deus, obedeceu [submeteu] e saiu para uma terra que Deus lhe prometeu dar. Ele deixou [livrou-se do poder de] o seu próprio país, sem saber [sem entender ou estar familiarizado] para onde ia. (Hb.11:8 NTLH) 5. Repare nas atitudes de Abraão e as tenha como exemplo a ser seguido. (Hb.11:8) Abraão foi chamado por Deus para um plano específico determinado pelo SENHOR. ELE OUVIU HUMILDEMENTE A VOZ DE DEUS. Ele se submeteu à ordem divina. ELE SE SUBMETEU ÀS ORDENS DIVINAS. Abraão saiu da sua terra, se livrou da influência que o seu mundo exercia sobre a sua vida e seguiu a orientação divina. ELE SEGUIU A ORIENTAÇÃO DIVINA E DEIXOU A SUA TERRA. Ele confiou na Palavra de Deus acerca da Terra Prometida, sem mesmo estar familiarizado com ela. ELE CONFIOU NA PALAVRA DE DEUS ACERCA DA PROMESSA DIVINA. Lembre-se de que nós estamos iniciando as nossas meditações sobre a fé de Abraão e, se Deus permitir, continuaremos na próxima semana. Que Deus nos abençoe! Leia Mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

+ HEBROM

HEBROM DO FACEBOOK

HORÁRIOS DAS REUNIÕES

relogio

Domingos, às 18:00hs
Terças-feiras, às 20:00hs

LOCALIZAÇÃO